Soja deve ter produtividade menor em MT

Crédito: TVCA

O plantio de soja praticamente chegou ao fim nesta semana, com cerca de dez dias de atraso na comparação com a safra passada, já que a semeadura em 2022 terminou no fim de novembro, Algumas áreas passaram pelo replantio por causa da falta de chuva.

De acordo com o superintendente do Instituto Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), esse atraso deve causar impacto na segunda safra de milho. “Em decorrência do atraso de chuva, a gente já observou aumento de ressemeadura. Estamos projetando uma produtividade menor em relação ao ano passado. Fizemos novos cortes quantificando partes das perdas aqui no estado, o que deu uma redução de cerca de 7%”, explicou.

Ainda de acordo com o Imea, se a previsão para o milho se confirmar, serão cerca de 10 pontos percentuais a menos do cereal que serão plantados dentro do período ideal, fazendo a produtividade cair.

Fonte: Assessoria IMEA

Mais notícias

Déficit de armazéns em Mato Grosso para safra de milho é de 34 milhões de toneladas

Produtor precisa redobrar cuidados para evitar incêndios durante a colheita

Proibição do glifosato pode provocar prejuízo bilionário e ameaça sustentabilidade do agro

Produtores rurais têm até 30 de junho para comunicar vacina contra Brucelose

Exportações de milho crescem 40% e MT consolida posição no mercado internacional

Mato Grosso tem primeiro café produzido só por mulheres na Amazônia