Mãe que colou boca de bebê com fita adesiva é espancada e morre em hospital

Crédito: Reprodução

A jovem Antônia Araújo Nunes, de 20 anos, morreu em decorrência de complicações após ser espancada, em Sinop. O caso foi registrado neste domingo (3). Não há informações sobre a autoria do espancamento que resultou na morte da vítima no Hospital Regional de Sinop. A mulher era investigada por maus-tratos, desde de 2022, depois de ter colado boca da filha, que na época tinha apenas seis meses, com uma fita adesiva.

Segundo o registro da Polícia Civil, o pai da vítima recebeu uma ligação do telefone da sua filha, informando que ela foi encontrada caída no acostamento da BR-163, próximo a empresa Arroz Engenho. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou Antônia para o Hospital Regional de Sinop com várias lesões pelo corpo.

Antônia era investigada por maus-tratos depois de ter colado a boca da própria filha, uma bebê de seis meses com fita adesiva. O flagrante foi feito pelo pai da criança, em março de 2022 e as imagens viralizaram nas redes sociais e ganharam repercussão nacional.

Em um vídeo gravado pelo pai, a bebê chora enquanto o homem retira a fita adesiva da boca dela. Na sequência, vai o cômodo em que a mãe da criança está e a questiona: “Você está doida? Pregar fita na boca da menina… Só pode estar doida, não tem juízo não?”

À época, um boletim de ocorrência foi confeccionado e a Polícia Civil e o Conselho Tutelar passaram a acompanhar o caso.

Aos investigadores da Polícia Civil, Antônia afirmou que estava com depressão pós-parto. As circunstâncias da morte de Antônia serão investigadas pela PJC.

Fonte: Folha Max

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes