Cattani quer “Dia do Patriota” em MT

Crédito: Reprodução

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa para instituir em Mato Grosso o dia 8 de janeiro, como o “Dia do Patriota”. Uma lei semelhante foi aprovada pela Câmara Municipal de Porto Alegre e derrubada em caráter liminar pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a partir de um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR). Diante disso, a própria Câmara Municipal anunciou a revogação da lei.

“A presente proposição visa criar um marco temporal e estabelecer como data pública, para que se rememore por gerações e gerações, os grandes feitos que a união das pessoas de bem, ordeiras, verdadeiros patriotas, em prol de uma nação, é capaz de fazer, deixando registrado na história e cultura, sobre tudo de Mato Grosso, o grandioso movimento Pró-Brasil realizado, em especial, nesta data, por verdadeiros patriotas que não querem nada além de um país melhor”, justifica Cattani.

Cattani ainda afirma que “a sociedade civil desarticulada e sem consciência ampla é vulnerável a mutações históricas que, induzidas do exterior ou forçadas por grupos de ambiciosos intelectuais avistas. Apagam-se do dia para a noite a memória dos sucessos e falseia-se por completo a imagem do passado. Não há cultura doméstica, tradições nacionais, símbolos de continuidade familiar”.

Fonte: Repórter MT

Mais notícias

Vereadora do PT tem contas bloqueadas para pagamento de indenização de quase R$ 11 mil a Cattani

Itanhangá: Assinaturas para que tenhamos voto impresso estão sendo colhidas

Medeiros chama vetos de Lula ao marco temporal de “insanos” e defende derrubada

Porto: Vereador tem mandato cassado por homofobia

Constrangidos por nunca cassarem honrarias de políticos corruptos, vereadores mantém título de cidadão de Cattani

Grupo de direita se reúne em Nova Mutum para debater futuro político do país e voto impresso

%d blogueiros gostam disto: