Sete pessoas são detidas em flagrante pela Polícia Militar suspeitos por formação de quadrilha, sequestro e tortura

Crédito: Divulgação

Cinco pessoas foram presas e dois adolescentes, de 17 anos, foram apreendidos, na noite desta segunda-feira (13.05), suspeitos por tortura, sequestro, formação de quadrilha e lesão corporal, no setor Triunfo, no município de Confresa. Um homem, de 24 anos, foi encontrado com as mãos e pés amarrados e com diversas escoriações pelo corpo.

Conforme informações do boletim de ocorrência, testemunhas acionaram a Polícia Militar após identificaram um grupo carregando um homem com as mãos e pés amarrados e o rosto coberto por um pano, para uma residência localizada na Avenida Xingu e em seguida chegaram outros dois suspeitos em uma motocicleta.

Assim que os envolvidos entraram na casa ouviram um homem gritando por socorro. Após a denúncia, os militares se deslocaram até o local informado e flagraram um grupo com pedaços de madeira, fios de eletricidade, borrachas e outros objetos. A vítima apresentava diversas escoriações pelo corpo.

Todos os envolvidos seriam integrantes de uma organização criminosa. No momento em que os policiais entraram na casa, os faccionados quebraram os aparelhos celulares. Um deles realizava uma chamada de vídeo, na qual mostrava as agressões contra a vítima. Os suspeitos foram encaminhados à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: Polícia Militar - MT

Mais notícias

Itanhangá: Polícia Militar age rápido e retira invasores de propriedade rural. Vídeos

Bandidos armados rendem caseiros e roubam armas e caminhonete de fazenda na MT-338

Polícia Civil apreende maconha, pasta base e cocaína que eram transportadas em veículo

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo e prende idoso responsável pelo local

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024; furtos de carga têm queda de 73%

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário