Polícia identifica lojista e funcionário assassinados no Shopping Popular

Crédito: Reprodução

Foram identificados o lojista e o funcionário assassinados na manhã desta quinta-feira (23), dentro do Shopping Popular, localizado no bairro Porto, em Cuiabá. Trata-se de Gersino Rosa dos Santos, conhecido como “Nenê Games”, de 43 anos, e Cleyton de Oliveira de Souza Paulino, de 27 anos.

O duplo homicídio foi registrado por volta 11h. Toda a ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança do estabelecimento.

De acordo com a Polícia Militar, o criminoso chegou sem se preocupar em cobrir o rosto. Após fazer análise da cena do crime, bem como a identificação do alvo, o bandido sacou a arma e realizou os disparos.

Após o crime, ele fugiu. Os disparos atingiram Gersino na nuca, à queima-roupa. Ele tinha uma banca no local há mais de 20 anos e morreu na hora.

Os tiros também atingiram Cleyton, que era funcionário de uma outra banca no shopping e pode ter sido morto por engano. Ele morreu antes da chegada da ambulância.

Em conversa com jornalistas, o tenente-coronel Jean Kleber Brito da Silva, comandante do 1º batalhão da PM, explicou que o crime foi planejado.

“Foi um homicídio planejado, foi uma execução. Ele veio, esse autor do disparo, veio para o Shopping Popular já com o ânimo de efetuar esse disparo e matar essa vítima. Não havia forma de defesa para essa vítima”, disse.

Buscas estão sendo realizadas para capturar o atirador, que já foi identificado. A Polícia Civil não divulgou o nome dele à imprensa, mas confirma que já tem todas as informações.

Por meio de nota, a Associação dos Camelôs do Shopping Popular lamentou o acontecido.

“Neste momento a Associação prestará todo auxilio aos familiares das vitimas, bem como externa votos de condolências à família e amigos enlutados.”

Veja vídeo no link abaixo:

https://www.reportermt.com/policia/policia-identifica-lojista-e-funcionario-assassinados-no-shopping-popular-veja-quem-sao/199474

Fonte: Repórter MT

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes