Polícia Federal aponta risco a redes de telecomunicação e fecha rádio pirata em MT

Crédito: Reprodução

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), fechou hoje uma rádio pirata que operava no bairro Novo Paraíso em Cuiabá. Durante as buscas, foram os apreendidos os equipamentos utilizados para a operação ilícita.

De acordo com a polícia, o sinal da rádio, quando não autorizado, acarreta prejuízos às redes de telecomunicação, incluindo as utilizados para o tráfego aéreo, em especial interferindo na comunicação entre as torre de controle dos aeroportos e as aeronaves.

“O crime de operar rádio pirata está previsto no Artigo 183 da Lei 9.472/97 e a pena pode chegar a quatro anos de detenção, aumentada na metade se houver dano a terceiro”, informou a PF.

Os responsáveis foram identificados, porém não se encontravam no local no momento da ação policial.

Fonte: Só Notícias

Mais notícias

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário

PF investiga furtos de cargas e peças de veículos acidentados

Bandido com extensa ficha criminal é executado com 9 tiros

Homem de 24 anos mata a ex-sogra e esconde corpo em matagal

Ação conjunta da Polícia Militar apreende grande quantidade de drogas na BR-163

Prima encontra jovem morto dentro de residência