Operação Motivo Torpe prende um dos financiadores de homicídio

Crédito: Reprodução

A Polícia Civil realizou na sexta-feira (24.11) a Operação Motivo Torpe para cumprimento de nove ordens judiciais em uma investigação que apura um homicídio motivado por disputa de terras na região de Nova Bandeirantes.

Foram cumpridas uma ordem de prisão e oito de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos na investigação que apura o homicídio de um morador antigo do município, conhecido como Dito da Coban, um dos pioneiros de Nova Bandeirantes. Benedito José da Silva, de 71 anos, foi morto com vários disparos na manhã do dia 31 de agosto deste ano, próximo à sede da Colonizadora Bandeirantes.

A Delegacia da Polícia Civil apurou que a morte da vítima foi encomendada em virtude de uma disputa judicial de terras na região. Um dos financiadores do crime foi identificado e a partir dessas informações, foi representada pela prisão investigado e por mandados de busca e apreensão, que foram deferidos pelo Poder Judiciário.

Durante o cumprimento das buscas, as equipes policiais apreenderam quatro armas de fogo e uma pequena porção de maconha.

Fonte: Notícia in foco

Mais notícias

Ipiranga: Criminosos tentaram decepar cabeça de homem ao vivo

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso