Mulher de 19 anos é presa por maus-tratos contra filha de um ano e passar maquiagem para esconder lesões

Crédito: Reprodução

Uma mulher de 19 anos foi presa na segunda-feira (8) sob acusação de maus-tratos contra sua própria filha, uma criança de apenas um ano de idade, na cidade de Vera. A suspeita é acusada de agredir a menor e tentar disfarçar as lesões com maquiagem. Além disso, o segundo filho da jovem apresentou sintomas de sarna.

De acordo com o relatório do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma denúncia de maus-tratos e abandono. Ao chegarem à residência indicada, os agentes testemunharam a suspeita envolvida em atividades íntimas com outro rapaz, na presença do segundo filho, um menino de apenas três anos. A intervenção da polícia interrompeu o ato.

Quando questionada sobre o desfile da criança, a suspeita alegou que a mesma estava no quarto. Os policiais encontraram o ambiente em condições insalubres, com sujeira e roupas espalhadas pelo chão.

Durante a revista, foi constatado que o bebê estava com a fralda suja e apresentava hematomas visíveis no rosto e no corpo. A suspeita confessou ter utilizado maquiagem para tentar encobrir as lesões.

Além disso, as autoridades observaram que as crianças estavam sem alimentação adequada, e o menino de três anos exibia sintomas de sarna, ficando também sem banho.

Diante desses fatos, tanto a mulher quanto o homem que estava na residência foram detidos e levados para a delegacia da Polícia Civil do município. As crianças foram entregues ao Conselho Tutelar.

O caso está sob investigação para esclarecer todos os detalhes e garantir a proteção das crianças envolvidas.

Fonte: Portal Sorriso

Mais notícias

Itanhangá: Polícia Militar age rápido e retira invasores de propriedade rural. Vídeos

Bandidos armados rendem caseiros e roubam armas e caminhonete de fazenda na MT-338

Polícia Civil apreende maconha, pasta base e cocaína que eram transportadas em veículo

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo e prende idoso responsável pelo local

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024; furtos de carga têm queda de 73%

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário