Ipiranga: Taison Renan “Pneu” é condenado a 27 anos de prisão por homicídio com características brutais

Crédito: Reprodução

O júri popular em Sorriso proferiu nesta terça-feira (27), a sentença de 27 anos de prisão para Taison Renan Ferreira dos Santos, conhecido como “Pneu”, pela acusação de homicídio de um menor que pertencia a uma facção rival. O crime, registrado em fevereiro de 2022, chocou a cidade de Ipiranga do Norte.

Conforme as informações do Ministério Público Estadual (MPMT), Taison Renan, integrante do Comando Vermelho, foi considerado culpado pela morte do adolescente M.A.F.P. A vítima foi assassinada num terreno aos fundos de um mercado na cidade de Ipiranga do Norte. O réu deverá cumprir a pena em regime inicial fechado, sem a possibilidade de recorrer em liberdade.

A denúncia do Ministério Público de Mato Grosso alegou que Taison Renan “arquitetou a trama criminosa” motivado pela crença de que o adolescente e seus irmãos eram membros de uma facção criminosa rival, configurando uma motivação torpe.

Segundo a acusação, no dia do crime, ambos estavam em uma conveniência quando Taison convidou o jovem para consumir drogas, atraindo-o para um local ermo sob o pretexto de dissimulação. Lá, ele atacou a vítima com golpes de arma branca. O adolescente tentou fugir, mas foi perseguido, rendido e, de forma cruel, afogado em uma poça d’água.

O Conselho de Sentença, ao deliberar sobre o caso, reconheceu que o crime foi cometido por motivação torpe, com emprego de meio cruel e mediante dissimulação. Além disso, considerou que o réu integrava uma organização criminosa.

Fonte: Assessoria MPMT

Mais notícias

Itanhangá: LCI TELECOM reinaugura em prédio próprio nesta sexta-feira

Caminhoneiro morre eletrocutado ao tentar salvar boi em carreta

Itanhangá: Projetos e indicações foram votadas na ultima sessão da Câmara De Vereadores

Homem morre em colisão entre motos e dois estão hospitalizados

Governo de MT entrega 281 km de asfalto novo da MT-140

Sistema para ressarcir golpes do pix vai mudar; Veja dicas