Homens planejavam assassinar funcionária de motel, um foge e outro morre em confronto com a FT

Crédito: TV Nativa

Por volta das 23h50 desta quinta-feira, dia 17 de abril, a equipe d força tática de Juína, foi acionada pelos agentes da Polícia Judiciária Civil daquela cidade, para auxiliar nas diligências de um possível homicídio que estaria sendo planejado contra uma funcionária de um motel da cidade.

Segundo informações, os suspeitos, Kaliston Kaciel e Antônio Reginaldo da Silva Filho, que estavam em terreno baldio, localizado em frente de um estabelecimento comercial da cidade, aguardando para assassinar uma funcionária do motel refúgios.

Chegando ao local foi observado que havia uma motocicleta Honda Bros preta, placa: QBG 4G04, com a chave na ignição e dois capacetes ao lado do veículo.

Em seguida os policiais realizaram incursão no terreno baldio com o intuito de localizar e abordar os suspeitos, porém, em certo momento perceberam movimentação no matagal, momento em que os suspeitos empreenderam fuga, sendo acompanhados pelos agentes de segurança pública.

Os agentes ouviram disparos de arma de fogo, proveniente do rumo que os suspeitos estavam. Ao avistarem um dos suspeitos, a Equipe da Força Tática se aproximou, os policiais se identificaram e deram ordem legal para que obedecessem e parassem imediatamente.

Repentinamente o suspeito virou-se para os policiais com a mão na cintura, sacou uma arma de fogo, do tipo revólver, ameaçando a guarnição.

Diante do perigo iminente, repelindo a injusta agressão, os policiais revidaram, alvejando o suspeito, Antônio Reginaldo da Silva Filho, que caiu ao solo.

O outro suspeito, Kaliston, pulou o muro localizado atrás do suspeito alvejado, também segurando uma arma, no entanto, não foi possível abordá-lo, nem tão pouco ele obedeceu às ordens de parada.

Após cessar a situação de risco aos policiais, prontamente, a EFT acionou o serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU), que foi ao local, constatando o óbito do suspeito.

Os policiais isolaram e preservaram o local do episódio, acionando a POLITEC e as autoridades responsáveis.

Após a perícia na arma de fogo, tipo revólver, calibre 38, cromada, com a numeração suprimida, foi lacrada e entregue ao PJC kester. O aparelho celular encontrado nas vestes do suspeito Antônio ficou sob a responsabilidade da perícia e a motocicleta que estava no local foi apreendida e encaminhada à Delegacia Judiciária Civil em Juína-MT.

Foi apreendida uma motocicleta Honda Brosso, um revólver calibre 38, um telefone celular e dois capacetes, sendo que tudo foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Judiciária Civil, menos o celular que foi entregue para a perícia técnica.

O suspeito alvejado e morto é Antônio Reginaldo da Silva Filho, de 16 anos de idade. Ele possuía diversas conduções por atos infracionais análogos à tráfico Ilícito de drogas e porte e posse ilegal de arma de fogo.

Foi registrado o boletim de ocorrências N° 2024.114826, constando como morte por Intervenção de Agente de Estado.

Fonte: Show De Notícias

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes