Homem é preso por assediar 70 crianças se passando por “menina” nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Reprodução

Investigadores da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) prenderam um homem que teria abusado sexualmente de pelo menos 7o crianças em vários estados do Brasil e no Distrito Federal. A prisão preventiva foi cumprida nesta quarta-feira (21/7), em Teresina, no Piauí. O suspeito foi recambiado para o DF, onde permanecerá preso no Centro de Detenção Provisória (CDP), na Papuda.

De acordo com as investigações, o criminoso sexual fingia ser uma garota adolescente de nome Luíza Emanuelly, para atrair meninos e adolescentes. O maníaco usava perfis falsos em plataformas digitais e mantinha, durante semanas, conversas com conteúdo sexual com as vítimas. Os meninos eram convencidos a enviar fotos e vídeos onde apareciam nus.

As apurações apontaram que, após consumar os crimes e ter o material digital em mãos, o criminoso divulgava as fotos em grupos de amigos das vítimas por meio de outros perfis na mesma rede social. “Desde março, foram identificadas mais de 70 crianças de todo o Brasil com as quais o autor mantinha contato. Estima-se que o número de vítimas seja ainda muito maior”, explicou a delegada adjunta da 13ª DP, Ágatha Braga.

Todo o material apreendido será analisado por peritos do Instituto de Criminalística (IC) a fim de apurar se outras pessoas também estavam associadas ao autor.

Fonte: Metrópoles