Galos de rinha são apreendidos e suspeito é preso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Crédito: Reprodução

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de homicídio a apreendeu galos de rinha em Tangará da Serra, na terça-feira (19).

A polícia cumpria um mandado de prisão, quando encontrou galos usados em rinhas na cidade.

Um dos suspeitos já era procurado pela polícia por uma séries de crimes, inclusive homicídios.

Ele estava foragido e depois de receber denúncias anônimas, os policiais chegaram até uma casa que fica escondida às margens da MT-358, ainda na área urbana. O suspeito estava com uma arma de fogo e não reagiu. O dono da casa confessou que estava dando abrigo a esse homem que estava foragido. No quintal, os policiais civis encontraram um viveiro com aproximadamente 15 galos usados em rinhas.

A prática que é proibida no Brasil e configura crime ambiental de maus tratos.

Os dois homens já tem passagens pela polícia e foram levados para a delegacia, onde foram interrogados e levados para o Centro de Detenção Provisória.

Os animais encontrados na casa ficaram agora sob a responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente.

Fonte: G1/MT

Mais notícias

facç

Lucas: Facção filma morte de jovem encontrado decapitado. Vídeo. Cenas fortes

pedre

Pedreiro é atraído para emboscada e morto a facada por casal

carret

Itanhangá: Polícia Civil encontra carreta roubada, motorista foi mantido refém

favare

Ladrões invadem residência, atiram em morador e roubam dinheiro

marinn

Nova Maringá: Homem invade casa da ex-mulher e mata amigo dela

decapp

Lucas: Suspeito de ter decapitado homem e jogado cabeça na rua, é preso

%d blogueiros gostam disto: