Equipamentos tecnológicos entregues pelo Governo de MT beneficiarão mais de 25 mil estudantes de escolas municipais

Crédito: Divulgação

Mais de 25,9 mil estudantes de 580 escolas municipais em Mato Grosso serão beneficiados com os equipamentos tecnológicos de última geração entregues pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) para 121 municípios, nesta quinta-feira (25.04). O investimento total de R$ 39,9 milhões visa melhorar o ambiente escolar para estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, preparando-os para o ensino médio.

Essas escolas receberam 17.400 Chromebooks, além de 580 gabinetes de recarga e 1.384 Smart TVs de 65 polegadas, que transformarão as salas de aula, com tecnologia de ponta.

Além disso, foram providenciados 25 mil chips de internet móvel, especialmente para alunos de baixa renda, para assegurar o acesso contínuo aos recursos educacionais digitais fora da escola, com recurso garantido pela Lei 14.172/2021, que instituiu o Programa de Incentivo à Conectividade na Educação Básica.

Ao todo, somando as entregas anteriores de chips, a Seduc já contemplou 103.014 estudantes nas duas redes, liberando recarga mensal automática de 8 GB pelo período de um ano.

Este impulso tecnológico é parte de uma abordagem mais ampla que visa adaptar a educação à tecnologia, beneficiando não apenas os estudantes, mas também os professores.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, enfatizou que esses investimentos fortalecem o regime de colaboração e demonstram o respeito e o cuidado que o governador Mauro Mendes tem pela educação.

“Além de todo esse aparato tecnológico para as escolas e estudantes das redes municipais, estamos investindo na formação de professores tanto no aspecto das tecnologias educacionais, quanto no pedagógico e nas competências socioemocionais. Conseguimos fazer com que várias dessas estratégias fossem planejadas e colocadas em prática. Essas ferramentas tecnológicas foram pensadas para estimular os estudantes do século XXI e contribuir com as nossas políticas públicas de avanço na educação e consolidação do regime de colaboração”, enfatizou.

Para a diretora regional de educação do polo Cuiabá, Cristina Ferreira, a tecnologia na educação se tornou uma ferramenta indispensável para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. “Por meio dela, os estudantes podem acessar conteúdos relevantes, mergulhar em um universo de novos conhecimentos e manter uma proximidade muito maior com os professores”, destacou.

Esse avanço no regime de colaboração com os municípios vai melhorar o ensino no interior do Estado, conforme o diretor regional de educação do polo Tangará da Serra, Saulo Scariot.

“Essa ação de hoje fortalece as políticas públicas voltadas para a tecnologia na educação pública como um todo. É importante que esses estudantes do município tenham acesso às tecnologias, até porque eles serão redimensionados para a rede estadual em breve. Adquirindo essa rotina, chegarão adaptados ao nível tecnológico que tem hoje a educação estadual”, ressaltou.

Este compromisso é também reconhecido pelos líderes municipais, como o prefeito de Alto da Boa Vista, José Maranhão, e o prefeito de Nova Bandeirantes, César Augusto Périgo, que veem esses avanços como essenciais para a melhoria contínua dos índices de aprendizagem em suas comunidades.

“Tenho certeza que nossos índices de aprendizagem, que já estão melhorando, vão continuar em elevação, pois, os investimentos estão acontecendo”, afirmou José Maranhão.

César Augusto Périgo, destacou a parceria com o Estado no regime de colaboração. “Conseguimos mais de R$ 4 milhões em recursos só com o ICMS à educação. O que está acontecendo hoje nos coloca competindo em igualdade com qualquer sistema público no Brasil”.

Fonte: SEDUC-MT

Mais notícias

Caminhão carregado de porcos tomba e populares saqueiam animais

Carreta que transportava madeira bate em paredão e mata 3 pessoas

Itanhangá: II Fórum comunitário do Selo UNICEF será nesta sexta-feira, 14\06

Itanhangá: Tapa-buracos na MT 338 está sendo feito com cascalho. Fotos e vídeo

Itanhangá: Fundação Sicredi apresenta o Programa União Faz a Vida nas Escolas

Identificadas vítimas fatais de acidente ocorrido ontem na BR-163