Empresário foi morto por atrasar pagamento de dívida

Crédito: Reprodução

O empresário de Juara Élcio Marques de Souza, de 55 anos, teria sido sequestrado e morto por um suposto desacordo comercial com o homem que está preso apontado como o mandante do crime. A informação é do delegado Carlos Henrique Engelmann, que está à frente do caso.

Segundo Engelmann, as investigações apontaram para uma relação de animosidades entre os dois.

“A motivação inicial é ganância. O autor do crime teria mantido certa negociação com a vítima, há algum tempo, e por conta de determinado desacerto financeiro ou atraso em determinado pagamento, lançou mão dessa atitude violenta e descabida que culminou no assassinato de Élcio Marques”, disse.

Élcio estava desaparecido desde a última quinta-feira (7), quando foi sequestrado por dois criminosos encapuzados ao chegar em casa. O corpo dele foi encontrado neste domingo (10), à beira da estrada do Rio dos Peixes.

O delegado disse que, logo depois do crime, o veículo da vítima, que havia sido roubado pelos criminosos, se aproximou de uma residência. Por meio de câmeras de segurança é possível ver os sequestradores conversando com um homem no local.

“Com base em todos esses elementos, com base no histórico das relações, inclusive de animosidade que este suposto mandante mantinha com a vítima, representamos pela prisão preventiva e pela busca e apreensão na casa dele”, contou.

“Nós temos uma convicção bastante forte de que estamos com o mandante do crime preso”, acrescentou.

O delegado disse, ainda, que o suspeito mentiu em depoimento, indo de encontro com as provas técnicas já reunidas na investigação.

“Ao do que se verifica nas imagens, o suspeito disse não ter estado no local e horário, disse que estava dormindo e que jamais teria falado com qualquer pessoas naquele tempo. É uma mentira bastante objetiva, uma vez que se visualiza ele nas imagens das câmeras de segurança”, afirmou o delegado.

A Polícia ainda está atrás dos homens que sequestraram e mataram o empresário.

Fonte: Mídia News

Mais notícias

Itanhangá: Polícia Militar age rápido e retira invasores de propriedade rural. Vídeos

Bandidos armados rendem caseiros e roubam armas e caminhonete de fazenda na MT-338

Polícia Civil apreende maconha, pasta base e cocaína que eram transportadas em veículo

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo e prende idoso responsável pelo local

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024; furtos de carga têm queda de 73%

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário