Casal suspeito de roubos a propriedades rurais é preso

Crédito: Divulgação

Policiais militares do 11º Batalhão prenderam um homem de 33 anos e uma mulher de 31 por roubo, receptação e porte ilegal de arma, no sábado (30.03), em Sinop. Com o casal denunciado por roubos em propriedades rurais, a PM apreendeu três espingardas e recuperou objetos roubados como eletrodomésticos, ferramentas e bebidas.

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe do 11º BPM recebeu denúncias anônimas sobre uma residência onde estariam escondidos diversos objetos roubados de propriedades rurais, de Sinop e Cláudia.

Os suspeitos que teriam cometido os crimes moravam no imóvel e iriam vender os materiais para outras pessoas.

As equipes policiais e dos setores de inteligência foram ao endereço informado e realizaram monitoramento do imóvel, sendo possível identificar diversos objetos sem procedência.

Os policiais entraram na residência e localizaram três TVs, caixas de som, caixas de ferramentas, furadeiras, serradeiras e diversas garrafas e latas de bebidas alcoólicas, entre outros objetos diversos. Ainda pela casa, três pássaros foram encontrados em uma gaiola e carne congelada de animais silvestres foram localizados na geladeira.

O casal chegou a casa durante as buscas da PM e tentou fugir ao ver o cerco policial. Os suspeitos foram detidos e o homem resistiu à prisão, sendo algemado. Questionados sobre os produtos, eles confessaram o crime.

Já ao serem perguntados se havia outros materiais pela casa, o homem disse que guardava armas de fogo enterradas no quintal, mas se negou a dizer de quem seria a propriedade dos objetos. Os policiais realizaram as buscas no local indicado e apreenderam três espingardas.

Os dois suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Sinop, com todo o material apreendido e recuperado, para registro da ocorrência. As vítimas dos roubos foram informadas pela PM sobre a localização dos produtos.

Disque-denúncia   

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: Polícia Militar-MT

Mais notícias

Ipiranga: Criminosos tentaram decepar cabeça de homem ao vivo

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso