Casal é preso após sequestrar caminhoneiro e transferir R$ 19 mil para jogos

Crédito: Divulgação

Um casal, de 22 e 25 anos, foi preso em flagrante na madrugada dessa segunda-feira (5), em Várzea Grande, por roubo com sequestro da vítima. Os criminosos transferiram R$ 19 mil da conta do alvo para aplicativos de jogos online. Com eles foram apreendidos 25 tabletes de maconha e recuperado o veículo da vítima.

Conforme informações, a vítima teve um problema mecânico com seu veículo, o deixou em uma oficina próxima ao Trevo do Lagarto e dormiu dentro do caminhão. Pela manhã, ao acordar, foi abordado por uma dupla criminosa que o colocou dentro da picape Strada e, sob ameaça com arma de fogo, exigiu transferências de valores enquanto ficavam dando voltas pela cidade. Enquanto um criminoso dirigia, o outro ficou com o celular da vítima e fez as transferências bancárias.

Após ser comunicada sobre o roubo, a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) chegou a uma mulher, K.R.D., 22, que confessou ter passado as informações privilegiadas sobre bens que a vítima tinha e seus hábitos de trabalho.

Um segundo envolvido no roubo, G.G.S,. 25, também foi localizado e abordado em frente a sua residência, no bairro Jardim Eldorado. O suspeito tem registros anteriores por crime patrimonial e estava monitorado por tornozeleira eletrônica.

Na casa do acusado, a equipe da Derf apreendeu 25 tabletes de maconha que ele confessou ter vindo do Paraguai, há duas semanas, e pagou R$ 30 mil pelo entorpecente. Também foram apreendidos um revólver calibre 22 com munições, porções de cocaína, balanças de precisão, e apetrechos usados no preparo e embalo de drogas.

O roubo

A suspeita admitiu em interrogatório que passou as informações sobre onde a vítima estaria e que bens possuía a outro criminoso, que chamou um comparsa para executar o roubo, O que fosse arrecadado com a ação criminosa seria dividido entre os 3.

O segundo envolvido disse que a dupla ficou de tocaia durante a noite de domingo esperando a vítima próxima à oficina até que o dia amanhecesse e eles pudessem abordar o caminhoneiro. Ele confessou ainda que foram roubados em torno de R$ 19 mil da conta da vítima, transferidos para contas de jogos online.

Após as transferências, eles liberaram a vítima, por volta das 8h30 da manhã de segunda-feira, e fugiram com a picape Strada que foi abandonada no bairro Cidade de Deus, também em Várzea Grande, e recuperada pela polícia.

A mulher foi autuada em flagrante pelos crimes de roubo majorado com restrição de liberdade da vítima, extorsão e associação criminosa. Já o suspeito, reincidente em crimes patrimoniais, foi autuado por roubo majorado com restrição de liberdade, extorsão, associação criminosa, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

A investigação prossegue para chegar ao terceiro criminoso envolvido.

Fonte: Polícia Civil-MT

Mais notícias

Ipiranga: Criminosos tentaram decepar cabeça de homem ao vivo

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso