Brasnorte: Mulher é presa pela Força Tática com 56 quilos de maconha

Crédito: Divulgação

Policiais militares da Força Tática do 7º Comando Regional prenderam uma mulher de 33 anos por tráfico de drogas, na madrugada deste domingo (03.03), em Brasnorte. Com a suspeita, que se apresentou como integrante de uma organização criminosa, foram apreendidos 56 quilos de maconha.

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe da Força Tática recebeu informações, via setor de inteligência, sobre um grande carregamento de drogas que havia chegado na cidade de Brasnorte. Ainda segundo as informações, as drogas estavam sendo distribuídas na residência de uma integrante de facção criminosa.

As equipes policiais foram ao endereço e notaram uma movimentação suspeita, onde uma mulher estaria entregando um pacote para o ocupante de um veículo, que fugiu ao visualizar as viaturas policiais. A suspeita ficou em frente a casa, tentou dispensar o material e foi detida pela PM.

Com ela, foi encontrado o pacote que se tratava de um tablete de maconha. Questionada sobre o produto, a mulher disse que teria recebido ordens da organização criminosa para guardar e distribuir os entorpecentes e que o restante das drogas estava no interior da casa.

Os militares realizaram buscas dentro do imóvel e encontraram uma caixa contendo o restante das drogas, totalizando 56 quilos de entorpecentes.

Diante do flagrante, a suspeita recebeu voz de prisão e foi conduzida para a Delegacia de Brasnorte.

 

Fonte: Polícia Militar-MT

Mais notícias

Itanhangá: Polícia Militar age rápido e retira invasores de propriedade rural. Vídeos

Bandidos armados rendem caseiros e roubam armas e caminhonete de fazenda na MT-338

Polícia Civil apreende maconha, pasta base e cocaína que eram transportadas em veículo

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo e prende idoso responsável pelo local

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024; furtos de carga têm queda de 73%

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário