Itanhangá: Um dos “líderes da horta” é preso com mais de 100 quilos de drogas. Vídeo

Crédito: Reprodução

Na última quinta-feira (29), uma operação policial resultou na prisão do suplente de vereador do Partido dos Trabalhadores (PT), Jonas Sem Terra, em Tangará da Serra, Mato Grosso. A ação policial foi marcada pela descoberta de uma grande quantidade de drogas na posse do político.

De acordo com informações do jornal A Bronca Popular, a operação, que envolveu equipes da Polícia, ocorreu após denúncias sobre atividades suspeitas relacionadas ao suplente de vereador. Após investigações, os policiais encontraram em posse de Jonas Sem Terra mais de 100 quilogramas de drogas, cuja natureza ainda não foi especificada pelas autoridades.

A prisão do político do PT gerou choque e surpresa na comunidade local, visto que ele ocupava uma posição de representatividade política. O caso levanta questionamentos sobre a conduta ética e moral de figuras públicas e a necessidade de combate ao tráfico de drogas, um problema que assola não apenas Tangará da Serra, mas todo o país.

As autoridades policiais estão conduzindo investigações para esclarecer os detalhes sobre o envolvimento de Jonas Sem Terra no tráfico de drogas e se há mais pessoas envolvidas no esquema ilícito. A prisão do suplente de vereador ressalta a importância do trabalho conjunto entre as instituições de segurança pública e a comunidade para combater o crime organizado e garantir a segurança da população.

Aqui em Itanhangá, o suposto líder, está envolvido com os acampados da “horta”, pois no passado, divulgou vídeos incentivando pessoas a virem para o município, relatando que haveria retomada de lotes. Realmente tem alguns assentados, que estão enfrentando processos na justiça, mas até agora não teve nenhuma decisão judicial nesse sentido.

Se o INCRA tivesse cumprido seu dever, hoje Itanhangá não estaria passando por esse problema, que atrasa o desenvolvimento do município.

Depois dessa descoberta por parte das forças de segurança, as investigações devem continuar em outras cidades, acampamentos ou localidades em que o “líder” tem influência, para desmontar todo o esquema de tráfico de drogas.

Fonte: ITA Notícias/A Broca Popular

Mais notícias

Itanhangá: Polícia Militar age rápido e retira invasores de propriedade rural. Vídeos

Bandidos armados rendem caseiros e roubam armas e caminhonete de fazenda na MT-338

Polícia Civil apreende maconha, pasta base e cocaína que eram transportadas em veículo

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de armas de fogo e prende idoso responsável pelo local

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024; furtos de carga têm queda de 73%

Caseiro é resgatado de trabalho análogo à escravidão após 16 anos sem receber salário