Três da mesma família são presos suspeitos de armar emboscada e matar comerciante

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Crédito: Divulgação

O homicídio ocorrido na noite da última sexta-feira, 18, no Jardim Morada do Sol em Tangará da Serra começou a ser desvendado. Entre aquela noite e a madrugada de sábado, 19, a Polícia Militar efetuou a prisão de quatro suspeitos de envolvimento e execução do crime.

Dival Pereira Lima foi assassinado em seu carro com quatro disparos de arma de fogo. “É uma pessoa de bem, um comerciante da cidade que foi vítima desse crime”, disse a polícia. Um bombeiro que passava pelo local tentou prestar os primeiros socorros, mas a vítima já estava em óbito.

Segundo a PM, logo após o crime, as primeiras diligências foram empreendidas buscando a autoria do homicídio. “Fizemos o cerco no local, porém, infelizmente nesse primeiro momento não conseguimos fazer a detenção dos suspeitos”, informou a polícia.

O Serviço de Inteligência do 7º Comando Regional foi acionado, iniciando a investigação com objetivo de identificar e localizar os suspeitos. “Na madrugada recebemos as primeiras informações do serviço de reservado dando conta que um dos suspeitos estaria em um estabelecimento comercial na Rua 26 comemorando. Nos deslocamos até lá e encontramos o suspeito maior de idade, onde ele confessou a participação no crime, informando sobre uma segunda suspeita de 21 anos”, completou a PM.

Jovem de 21 anos teria arquitetado o crime

Segundo a polícia, o primeiro suspeito teria dito que a jovem é quem teria organizado o crime, atuando como mentora do homicídio e o convidando para que juntamente com seu irmão de apenas 17 anos praticassem um roubo e que neste roubo estariam buscando a arma de fogo da vítima.

“Posteriormente ao planejamento do crime, os suspeitos se deslocaram para o Morada do Sol onde durante o intento criminoso praticaram o roubo e com a arma da própria vítima, ceifaram a vida dela”, pontuou a PM.

Após as primeiras diligências a PM conseguiu encontrar o segundo suspeito, menor de idade e a suspeita de ser a mentora do crime, são irmãos e ambos estavam em sua residência.

Ao serem abordados, segundo a polícia, desmentiram a versão do primeiro suspeito preso, dizendo que quem teria efetuado o disparo de arma de fogo seria outra pessoa e que eles não teriam planejado nada. “Posteriormente, através desses mesmos envolvidos, descobrimos que havia uma quarta pessoa que seria a mãe dos dois suspeitos. Ela nos informou que apenas guardou a arma de fogo em sua residência e que esta arma pertencia a seu filho”, revelou a polícia.

Todos os suspeitos foram detidos e encaminhados à Polícia Civil que ficará a cargo das investigações. Quatro pessoas foram presas e uma arma de fogo apreendida, sendo que a arma era de propriedade da própria vítima. Os suspeitos possuem passagens criminais, inclusive o indivíduo menor de idade que está apreendido.

Fonte: Tangará em Foco

Mais notícias

asaaaaaa

Polícia Civil prende em flagrante jovem que matou mulher a facadas

paradddd]

Tapurah: Jovem bate em veículo parado, foge, bate novamente e é preso

dumbo

PF prende traficantes que movimentaram R$ 350 milhões

Soja recuperada

Carga de soja roubada avaliada em 180 mil é recuperada pela Polícia Civil

passaaaa

Homens arrombam porta de casa e matam homem com diversas passagens

fossa

Jovem é assassinado e corpo jogado em fossa

%d blogueiros gostam disto: