Tapurah: Polícia Civil prende envolvido em homicídio de vítima esquartejada

Crédito: Reprodução

A equipe da Delegacia de Tapurah cumpriu nesta manhã de segunda-feira (01.04) o mandado de prisão preventiva de J.C.D.S., de 20 anos, que responde por um homicídio qualificado ocorrido no município, em 2022.

As investigações realizadas pelos policiais civis de Tapurah apontaram o envolvimento do investigado na emboscada e homicídio de João Filho da Silva Amaral, de 42 anos, morto em uma residência de Tapurah no dia 05 de novembro de 2022.

Com base nas investigações, o delegado do município representou pela prisão preventiva, que foi deferida pela Vara Única da comarca de Tapurah.
O investigado preso nesta segunda-feira cedeu sua residência para a ação criminosa.

A prisão ocorreu no fórum do município, com apoio da Polícia Militar. A equipe de investigação apurou que o criminoso estaria na cidade nesta segunda-feira. Depois da prisão, ele foi encaminhado à carceragem provisória do município, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário para a audiência de custódia.

Emboscada e morte

João Filho, conhecido pelo apelido de ‘Nego João’, foi atraído até a casa, onde foi feita a embocada, por volta das 02h da madrugada. No local estavam outras duas pessoas aguardando a chegada da vítima.

Após executar a vítima, ainda na residência, os criminosos a esquartejaram e depois jogaram o corpo às margens do córrego Barela, em Tapurah.

A Polícia Civil foi comunicada pela ex-mulher da vítima, que informou que procurou João Filho depois dele não retornar à residência que tinha na cidade.

Os executores do homicídio foram presos preventivamente e indiciados pelo bárbaro crime.

Fonte: Polícia Civil-MT

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes