Produtividade de soja em Mato Grosso cai 15%

Crédito: Reprodução

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou que o mais recente levantamento mantém a estimativa de área de soja, em Mato Grosso, para a safra 2023/24, projetada em 12,13 milhões de hectares, alta de 0,08% em relação à temporada passada.

Com a colheita da oleaginosa alcançando 99,68% das áreas previstas até a última sexta-feira (29), ainda restam alguns dados de rendimento a serem apurados dos municípios com áreas tardias, o que limitou a consolidação do rendimento nesta estimativa nessas regiões. Desse modo, a produtividade da soja permanece prevista em 52,85 sacas/hectare, queda de 15,17% em relação à safra 2022/23.

O IMEA concluiu que, no mês de maio, com o fim dos trabalhos a campo, consolidará os dados de área através do geoprocessamento e da produtividade da oleaginosa, com os dados apurados com o levantamento dos agentes de mercado, produtividade ponderada pelo ritmo da colheita na pesquisa com produtores de Mato Grosso.

Fonte: Só Notícias

Mais notícias

Produtor precisa redobrar cuidados para evitar incêndios durante a colheita

Proibição do glifosato pode provocar prejuízo bilionário e ameaça sustentabilidade do agro

Produtores rurais têm até 30 de junho para comunicar vacina contra Brucelose

Exportações de milho crescem 40% e MT consolida posição no mercado internacional

Mato Grosso tem primeiro café produzido só por mulheres na Amazônia

Condições climáticas, pragas e doenças colocam em xeque rendimento por hectare da safra de soja