Polícia Civil deflagra operação para coibir desvio e receptação de soja

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Polícia Civil - MT

A Polícia Judiciária Civil (PJC) de Sorriso deflagrou a operação “Silo de Areia” que apura um esquema de desvio e receptação de soja. Quatro pessoas foram detidas no município. As diligências também ocorrem nos municípios de Ipiranga do Norte, Jaciara, Rosário Oeste, Várzea Grande e nas cidades mineiras de Uberlândia e Tupaciguara (onde duas pessoas já foram presas). As identidades dos envolvidos não foram informadas à imprensa.

Na operação, foram apreendidos maquinários, uma grande quantidade de soja em um armazém de Ipiranga, armas e dinheiro. Conforme a PJC, a operação foi deflagrada para dar cumprimento de 24 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão.

De acordo com o delegado que coordena a operação, Márcio Henrique Portela, também estão sendo realizados bloqueios de ativos financeiros, sequestro e indisponibilidade de bens móveis e imóveis de 11 envolvidos no esquema criminoso.

As investigações iniciaram no ano passado, a partir do registro da ocorrência de desvios de cargas de soja na região de Sorriso.

Os homens detidos serão indiciados pelos crimes de furto qualificado, reeceptação qualificada e associação criminosa. Também será verificado se eles responderão por posse ilegal de arma de fogo.

As ordens judiciais foram decretadas pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Sorriso. Participam da operação equipes das Delegacias da Regional de Sinop, Delegacia de Rosário Oeste, Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande e Delegacia de Jaciara, além do apoio da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil, unidade do Ciopaer de Sorriso e a Polícia Civil de Minas Gerais.

Fonte: Portal Sorriso

Galeria de Imagens da notícia