Operação Circumventum cumpre 60 ordens de prisões e buscas em seis cidades de Mato Grosso e RJ

Crédito: Divulgação

A Delegacia da Polícia Civil de Juína deflagrou, nesta sexta-feira (03.05), a Operação Circumventum para cumprir 60 mandados judiciais de prisão, buscas e bloqueios bancários contra integrantes de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas na região noroeste de Mato Grosso.

Entre os mandados judiciais, 35 deles são de prisões e foram cumpridos em cinco cidades de Mato Grosso – Juína, Brasnorte, Cuiabá, Nortelândia, Rondonópolis.

No Rio de Janeiro também foi presa J.A.A.S., de 28 anos, que atuava como gerente financeira da facção criminosa na região de Juína. A prisão dela foi efetuada pela Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil fluminense.

Prisões em flagrante

Durante as buscas domiciliares, as equipes policiais apreenderam entorpecentes em diversos endereços e prenderam em flagrante seis suspeitos por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um adolescente também foi apreendido por ato infracional correspondente ao crime de tráfico.

Todos os presos na operação serão encaminhados a unidades do Sistema Penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Circumventum significa ‘cercados’ em latim. A operação de Juína integra a Operação Estadual Erga Omnes que faz parte do planejamento da Polícia Civil de Mato Grosso de combate e descapitalização das organizações criminosas.

Fonte: Polícia Civil - MT

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes