Namorado de jovem é preso suspeito de matá-la asfixiada e alega que a vítima teria se suicidado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Uma jovem de 20 anos, identificada como Thais de Jesus Luz, morreu por asfixia, na manhã deste domingo (23), após supostamente ter sido ser encontrada em sua casa pelo namorado André Carvalho Barbosa, com uma corda em seu pescoço, no município de Tangará da Serra (a 241 km de Cuiabá).

A jovem já havia pedido uma medida protetiva contra o namorado, mas foi retirada por ela mesma pouco tempo depois. No início da noite, André foi preso em flagrante, acusado de assassinar a jovem.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, pelo próprio André, para atender uma suposta tentativa de suicídio de Thais. O suspeito disse que já teria cortado o fio que estava em volta do pescoço de Thais, mas que ela precisava de atendimento.

Ao chegar ao local, os bombeiros identificaram que a jovem ainda apresentava sinais vitais e começaram os procedimentos de primeiros socorros. Os militares fizeram massagem cardíaca na vítima até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que a encaminhou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas Thais não resistiu e morreu no caminho.

A delegada Liliane Soares, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra, afirmou que a jovem já havia pedido uma medida protetiva contra o namorado. No entanto, quando foi enviada a intimação para o suspeito, a própria vítima foi quem recebeu o oficial de Justiça, e teria informado que estava novamente em companhia de André, afirmando que cancelaria a medida.

André Carvalho Barbosa foi preso em flagrante, no início da noite de domingo, pela Polícia Judiciária Civil (PJC), suspeito de ter assassinado a jovem. O inquérito de feminicídio será conduzido pela delegada Soares.

Fonte: Olhar Direto