Motorista sobrevive após saltar de caminhão carregado com lenha entre Sorriso e Tapurah

Crédito: Divulgação

O acidente foi registrado nesta segunda-feira (19-02), na MT-560, entre as cidades de Sorriso e Tapurah, envolvendo um caminhão carregado com lenha. O motorista do veículo, que ainda não teve sua identidade revelada, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital regional com ferimentos na cabeça e diversas escoriações pelo corpo.

A soldado Kátia Cordeiro, dos bombeiros, relatou que o motorista informou que trafegava pela rodovia quando perdeu o controle do veículo. “Ele perdeu o freio e se jogou do veículo, tendo ferimentos contusos na região do crânio e demais do corpo, mas nada muito grave. Pela cinemática do acidente, ele teve muita sorte. Se tivesse ficado no caminhão, possivelmente teria sido uma vítima fatal, porque a cabine ficou totalmente prensada”, explicou a soldado.

Ele foi encaminhado para o hospital regional de Sorriso. “Ele teve ferimento bem grave na região parietal do crânio, tanto que o trouxemos ao regional porque, no caminho, ele começou a ficar confuso, devido à perda significativa de sangue”, concluiu Kátia Cordeiro.

A Polícia Militar foi acionada para registrar o boletim de ocorrência. O caminhão envolvido no acidente parou às margens da rodovia totalmente destruído, e a carga de lenha se espalhou. As autoridades estão trabalhando para a remoção do caminhão e a limpeza da rodovia, enquanto investigações adicionais serão conduzidas para entender as circunstâncias precisas que levaram a esse grave acidente.

Fonte: Assessoria

Mais notícias

Itanhangá: Projetos e indicações foram votadas na ultima sessão da Câmara De Vereadores

Homem morre em colisão entre motos e dois estão hospitalizados

Governo de MT entrega 281 km de asfalto novo da MT-140

Sistema para ressarcir golpes do pix vai mudar; Veja dicas

Tabaporã: Cabo PM de folga evita linchamento com possível assassinato brutal

Brasnorte: Homem que assassinou jovem por causa de vídeo no TikTok é condenado a mais de 13 anos de prisão