Líderes se reúnem para debater conclusão das obras da BR 242

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A Comissão Permanente Pró-BR-242, realiza uma audiência pública, em Nova Ubiratã para discutir a retomada das obras da Rodovia Milton Santos, a BR 242, importante corredor de logística para a escoação da produção regional.

No médio norte mato-grossense, o traçado da 242, interliga os municípios de Sorriso, Nova Ubiratã, Ipiranga do Norte, Paranatinga, Itanhangá, Canarana, Gaúcha do Norte, Querência e  Brasnorte. São 601 quilômetros. Desse total, 130 quilômetros entre Sorriso e Itanhangá, dos quais 80 asfaltados e 50 para concluir. De Sorriso ao Distrito de Santiago do Norte são mais 225 quilômetros, estes já asfaltados e ainda faltam asfaltar 246 quilômetros entre o Distrito de Santiago do Norte e Querência. Além da conclusão do asfalto, a Comissão requer a construção de oito pontes de concreto, estas já licitadas.

Para o presidente da Comissão Pró-BR-242, Odir José Nicolodi, que integrou a comitiva que esteve em Brasília e entregou ao presidente Michel Temer um documento solicitando apoio na conclusão da obra, “a BR 242 é tão importante quanto a BR 163 que corta o país de Norte a Sul”. Nicolodi acredita que a audiência será um marco divisor na conclusão das obras. Segundo ele, o traçado da rodovia abrange uma região de Mato Grosso com mais de 6 milhões de hectares, 70% dessa área apresenta condições propícias para a agricultura.

O prefeito sorrisense, Ari Lafin, pontua que quando totalmente concluída a “242 será uma grande rota para escoação de grãos, interligando Mato Grosso aos principais portos do Norte, como Miritituba (PA) e Itaqui (MA)”.

Lafin disse ainda que “hoje nossos caminhoneiros já usam essa via. Contudo, estamos unidos pela conclusão das obras para garantir segurança aos transportadores, diminuição nos valores gastos com fretes e agregar valor ao que produzimos”.

Segundo o prefeito de Nova Ubiratã, que também é presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sócio Econômico, Valdenir José dos Santos, várias lideranças regionais e estaduais, como o governador Pedro Taques, são aguardadas para a audiência pública desta sexta-feira.

Corredor para Mirirtituba

Atualmente a rota da BR 242 com a BR-163 tem sido o corredor de escoação de grãos até o porto de Miritituba . Hoje o terminal localizado na cidade de Itautuba tem capacidade para transbordo de até 16 milhões de toneladas. Desse total, até cinco milhões/ton podem ser reencaminhadas para o porto de Santarém (PA), 1,5 milhão/ton para o porto de Santana (AP) e 15 milhões/ton para o porto de Vila do Conde (PA).

Com a conclusão das obras, produtores e lideranças apostam na valorização dos produtos, segurança de quem transporta e diminuição dos custos de frete. “Abre ainda leques para ampliarmos a terceirização da nossa produção”, contextualiza Lafin.

 Serviço:

Audiência pública sobre a retomada das obras da rodovia BR-242

Data: 28 de julho (sexta-feira)

Horário: 14h

Local: Rodovia-242, perímetro urbano do município de Nova Ubiratã (MT)

POR: MTnotiias.net

Fonte: MTnotiias.net