Líder do centro espírita usava chás e manipulação psicológica para abusar de mulheres

Crédito: Reprodução

Um líder religioso de Lucas do Rio Verde, foi preso pela Polícia Civil por abusar sexualmente de três mulheres. Em uma das situações, o suspeito induziu a vítima para que ela ingerisse um chá alucinógeno. A prisão aconteceu na quarta-feira (2).

Segundo as informações da delegada do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e Mulher, Ana Terra, três mulheres compareceram na unidade relatando os abusos praticados pelo líder religioso em um centro espírita.

“Ele atuava com uma base de manipulação psicológica das vítimas no intuito de que fossem aplicados alguns rituais e nesses atendimentos espirituais, ele praticava os atos de libidinagem falando que seria para renovar a energia da vítima e acabava com essa fraude”, disse a delegada.

Com uma das vítimas, o líder religioso fez uma indução para que a mulher ingerisse um chá alucinógeno. A delegada apontou ainda que apura denúncias de vítimas que seriam de outras cidades.

“Nós iniciamos a apuração de três situações envolvendo ele. Um caso já teria sido um abuso propriamente dito após a ingestão do chá e os outros dois casos foram mais questões de toque mesmo no sentido de que houvesse uma renovação de energia. Elas não chegaram a tomar esse chá”, afirmou.

Fonte: Olhar Direto

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”