Itanhangá: briga em bar resulta em B. O

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Ontem por volta das 21:00, no Bar Gela Guela ouve uma lesão corporal feita por E. contra E. A. S., na hora do ocorrido haviam duas testemunhas R. S. Q. e V. L

De acordo com as testemunhas, a vítima estava no bar quando o suspeito chegou até o estabelecimento, ele trancou o carro da vítima que estava estacionado na frente do bar, depois a vítima manobrou o seu veículo para ir embora, quando o suspeito arremessou uma pedra contra o seu veículo no qual acertou a porta do carro, a vítima estacionou e desceu do seu veículo querendo saber por que E. teria feito isso.

No mesmo momento o suspeito começou a agredi-lo com socos e chutes, o suspeito arrancou o cordão de ouro do pescoço da vítima e colocou no seu bolso, logo em seguida ele pegou um pedaço de madeira e quebrou o vidro traseiro e danificou as duas laterais do carro.

A testemunha V. T., ligou para o 190, solicitando a presença da Polícia Militar de Itanhangá que fez o atendimento da ocorrência e que por estar de plantão sozinho, o mesmo procurou por reforço, mas não teve êxito já que os outros policiais estavam de folga.

Mas ao chegar lá, o policial não encontrou a vítima e nem o suspeito, ficando só o veículo estacionado na oficina, o policial fez rondas pelo local no intuito de localizá-los mas não os encontrou e retornou para o local do fato para colher dados para a confecção do B. O.

Nesse momento a vítima foi encontrada e orientada a comparecer no NPM para o registro do B.O.

Mas a vítima se recusou, afirmando que vai arcar com os danos do veículo, pois tem medo que o suspeito fique o perseguindo, já que o mesmo é usuário de drogas e tem várias passagens pela justiça.

Fonte: Redação ITANOTICIAS