Grileiros com “estrutura milionária” são presos tentando invadir terras

Crédito: Divulgação

Policiais militares e civis dos municípios de Água Boa, Canarana, Ribeirão Cascalheira e Nova Xavantina prenderam, no sábado (20.05), doze pessoas suspeitas de invadir uma fazenda, localizada a 70 km de Ribeirão Cascalheira.

A ação foi a quarta tentativa frustrada de invasão de terras na Região do Araguaia este ano. De acordo com o secretário de Estado de Segurança Pública, César Roveri, as forças policiais atuam de forma intensa e rápida para coibir os crimes de invasões em propriedades rurais.

“É uma determinação do governador Mauro Mendes que atuemos com tolerância zero contra o crime de esbulho possessório, que são as invasões de terras, e assim temos feito. A resposta será rápida, como sempre temos agido, pois não iremos permitir nenhum tipo de crime em nosso Estado”, afirmou Roveri.

O secretário destacou o grande aparato utilizado pelos suspeitos para cometer o crime. “Os criminosos estavam com carreta e conteinêres, o que mostra que não eram simples invasores, mas sim, pessoas com recursos”.

Entre os suspeitos, sendo três mulheres e nove homens, dois são policiais militares da reserva. Um dos policiais presos estava armado com um revólver, que foi apreendido junto com munições.

Na ação, os policiais apreenderam também uma carreta, um carro e dois conteinêres refrigerados, que seriam utilizados como alojamentos.

Os suspeitos, veículos e equipamentos apreendidos foram levados para a delegacia de Ribeirão Cascalheira.

Fonte: SECOM - MT

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Trio morre em confronto com o Bope em ‘fábrica de drogas’ e 600 kg de cocaína são apreendidos

Dupla envolvida em assassinato de homem morre em confronto com policiais da Força Tática

Irmãos são presos em flagrante transportando 25 tabletes de cocaína na MT-246

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT