Corpo de jovem é encontrado enterrado amordaçado com as mão amarradas para trás e decapitado

Crédito: Reprodução

Policiais civis de Lucas do Rio Verde prenderam neste sábado (09.09) mais um responsável pelo assassinato e ocultação de cadáver de uma adolescente que estava desaparecida desde o início da semana, quando foi sequestrada por dois suspeitos de dentro de sua residência.

O corpo de Yasmin Estefânia Alves Ribeiro, de 15 anos, foi localizado enterrado em uma cova, em uma área de mata, próxima ao bairro Tessele Junior.

A perícia da Politec apontou que a vítima foi alvejada com, no mínimo, seis disparos, sendo três na cabeça, e ainda foi decapitada.

O criminoso D.M.D.S.S., de 25 anos, foi preso em flagrante pelo crime, dentro de um barraco no local conhecido como ‘favelinha’, próximo ao Jardim Primavera. No momento em que foi abordado pelos policiais, ele tentou investir contra a equipe, mesmo algemado, na tentativa de fugir.

Sequestro e morte

Yasmin desapareceu na terça-feira, após ser sequestrada de sua residência por dois suspeitos. Desde a data do registro do sequestro, a Delegacia de Lucas do Rio Verde iniciou as diligências e no dia seis de setembro prendeu dois envolvidos, que confessaram a participação no crime.

Neste sábado, a equipe de plantão da unidade policial recebeu informações de que o terceiro envolvido na ação criminosa estava se escondendo em um barraco, o mesmo local para onde a vítima foi levada após ser sequestrada.

Os policiais civis seguiram em diligência ao local informado e conseguiram prender D.M., que investiu contra a equipe na tentativa de fugir.

Ele também confessou os crimes e relatou que junto com os comparsas, um deles o que forneceu o veículo Gol usada no sequestro, levaram a vítima até o bairro Tessele Júnior. De lá, eles seguiram com a adolescente até a margem da mata, que fica ao lado do bairro, e a entregaram a outros dois criminosos que tinham a missão de executar Yasmin.

O criminoso preso neste sábado indicou aos policiais o ponto onde a vítima foi enterrada. Com auxílio do Corpo de Bombeiros que empregaram um cão farejador, foi localizada a cova com o corpo da vítima.

A perícia técnica da Politec realizou as coletadas necessárias no local e o corpo foi encaminhado para necropsia.

O criminoso preso foi autuado por ocultação de cadáver, sequestro e homicídio qualificado. As investigações prosseguem para chegar aos outros envolvidos nos crimes.

Fonte: Polícia Civil - MT

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”