Colheita do milho passa dos 72% em Mato Grosso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Divulgação

O Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) divulgou relatório apontando que a colheita do milho no Mato Grosso avançou para 72,79% após subir 20,85 pontos percentuais na última semana.

Mesmo assim, as atividades seguem 13,89 pontos percentuais atrás do registrado no mesmo período de 2020.

O relatório atualizou também as perspectivas de produtividade desta segunda safra para menos de 95 sacas por hectare. “A colheita em algumas regiões entra na sua reta final e, com isso, os reportes dos rendimentos nessas áreas apresentam queda. Os rendimentos poderão apresentar maiores reduções nos próximos dias, visto que as novas frentes de colheita serão sobre as áreas mais prejudicadas pelo atraso da semeadura”.

Já no que diz respeito ao custo de produção, os técnicos do Imea apontaram que a produção do milho de alta tecnologia da safra 21/22 teve aumento de 2,48% em junho ante maio, ficando estimado em R$ 2.069,48/ha.

A publicação aponta que, esse movimento foi impulsionado pelas altas dos insumos como as sementes (2,93%), macronutrientes (3,27%) corretivos (1,28%) e micronutrientes (0,69%). “Essa valorização está relacionada à demanda, que segue aquecida, devido ao produtor estar finalizando as compras para a safra de soja e intensificando as aquisições para a próxima safra de milho”.

Fonte: Notícias Agrícolas