Campanha do Indea para atualização de estoque de rebanho é prorrogada

Crédito: Divulgação

A campanha estadual de atualização de estoque de rebanho do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) foi prorrogada até o dia 11 de dezembro. O prazo para que produtores de bovinos, bubalinos, suínos e aves comerciais realizassem o informe obrigatório terminava nesta quinta-feira (30.11).

A campanha começou a ser realizada em substituição à vacinação contra a febre aftosa. Porém, ela não se restringe somente a bovinos e abrange também o segmento comercial de aves, suínos e búfalos.

Desde o dia 9 de novembro, o produtor comercial que não fez a comunicação de rebanho já está impedido de emitir a Guita de Trânsito Animal (GTA), exceto se o animal for destinado à abate.

Durante a comunicação, o produtor rural que possui bovinos e bubalinos sob a sua responsabilidade poderá também registrar a marca a ferro. A não comunicação de estoque de rebanho acarretará em multa é de aproximadamente R$ 6 mil.

Cadastro

É possível ir pessoalmente ao escritório do Indea mais próximo e realizar a atualização do rebanho e dos dados cadastrais. O produtor rural pode também optar em fazer a comunicação de estoque pela internet, no módulo do produtor.

O Termo de Compromisso de Utilização do Sistema Integrado de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, para que o produtor tenha acesso ao módulo do produtor está disponível no site do Indea. O termo deve ser levado ao Indea para obter o login e senha de acesso.

Fonte: INDEA-MT

Mais notícias

Produtores rurais têm até 30 de junho para comunicar vacina contra Brucelose

Exportações de milho crescem 40% e MT consolida posição no mercado internacional

Mato Grosso tem primeiro café produzido só por mulheres na Amazônia

Condições climáticas, pragas e doenças colocam em xeque rendimento por hectare da safra de soja

Termina hoje o prazo para fazer a atualização de estoque junto ao INDEA

Movimento contra a Moratória da Soja critica colonialismo europeu e defende soberania brasileira