Após levar calote, funcionário mata patrão a tiros, perto de igreja

Crédito: Reprodução

José Rodrigues da Silva, de 60 anos, foi morto a tiros por um funcionário dele, na manhã de domingo (10), nas proximidades de uma Igreja Católica, em Querência. A motivação do assassinato seria uma dívida não paga pelo patrão, cujo valor não foi divulgado pela Polícia.

Conforme o registro da Polícia Civil, as autoridades foram acionadas pela equipe plantonista do Hospital Municipal de Querência após uma vítima de disparo de arma de fogo dar entrada na unidade hospitalar já em óbito.

Uma testemunha que estava no local e presenciou o homicídio, relatou que José foi atingido pelos disparos embaixo do barracão da Igreja no distrito Pingo d’água, por volta das 10h30 de domingo.

O suspeito de ter cometido o crime é um funcionário de José, que alegava que o patrão estava lhe devendo dinheiro. Após os disparos, o homem fugiu e ainda não foi localizado.

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Folha Max

Mais notícias

Dois criminosos suspeitos de decapitar mulher morrem em confronto com as forças de segurança

Em uma semana, operações das forças de segurança dão prejuízo de R$ 9 milhões ao crime organizado

Tapurah: Polícia prende suspeito de dar suporte a roubo de Hilux

Gefron apreende 207 tabletes de entorpecentes e causa prejuízo ao tráfico de R$ 1,6 milhão

Criminoso que matou ex-namorada a facadas durante ataque de ciúme é preso

Brasnorte: Delegado diz que é ameaçado de morte por narcotraficantes