Tapurah: Funcionária é presa acusada de roubar R$ 290 mil de empresa

Crédito: Reprodução

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Tapurah, cumpriu nesta segunda-feira (13.11), mandados de busca e apreensão e sequestro de valores no momento de R$ 290 mil, contra uma mulher suspeita envolvida na prática de golpes em uma empresa de mecânica de caminhão onde trabalhava.

A funcionária que trabalhava há cinco anos na empresa responde em inquérito policial pelo crime de estelionato.

As investigações iniciaram há cerca de um mês após o proprietário da empresa desconfiar que estava sendo vítima de golpes. Durante as investigações, foi apurado que a funcionária foi contratada como auxiliar administrativa da empresa de grande porte e há dois anos vinha aplicando os golpes.

Para praticar o crime, a funcionária fraudou centenas de boletos, com valores que variavam entre R$ 500 a R$ 3 mil, como se fosse para pagamento de fornecedores da empresa. Ela entregava os boletos aos seus empregadores, que realizavam o pagamento, que tinham a própria golpista como beneficiária das ações.

Diante dos fatos, o delegado de Tapurah Guilherme Pompeo Pimenta Negri, representou pelas ordens judiciais de busca e apreensão e sequestro de bens, a fim de restituir os valores subtraídos da vítima, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos nesta segunda-feira (13).

As investigações seguem em andamento para apurar outros possíveis golpes praticados pela suspeita, assim como a participação de outros envolvidos.

Fonte: Polícia Civil - MT

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Bombeiros fazem buscas subaquáticas por motocicleta da filha de Cattani

Sema e Policia Militar apreendem carretas com castanheiras durante fiscalização

Tapurah: Condenado a 14 anos pelo estupro da filha é preso pela Polícia Civil

PM prende seis pessoas em flagrante por invasão e extração ilegal de madeira

Jovem é morto atropelado por caminhão betoneira após discussão com motorista

Ipiranga: PRF apreende carga de madeira ilegal