Tabaporã: Polícia Civil prende líder de facção criminosa apontado como mandante de homicídio de jovem

Crédito: Reprodução

O mandante do homicídio de um jovem, ocorrido no mês de abril em Tabaporã, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (20.09), na região do Lago do Manso, em Chapada dos Guimarães.

O suspeito de 32 anos estava com mandado de prisão decretado pela Vara Única de Tabaporã pelo crime de homicídio e teve a ordem de prisão cumprida pelos policiais do município com apoio da equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

As investigações conduzidas na Delegacia de Tabaporã iniciaram no dia 08 de abril após o registro do desaparecimento da vítima Deivid Kauan de Souza Lima, 19 anos, e de sua companheira no município de Sorriso. Segundo informações, as vítimas foram abordadas por criminosos por suspeitas de fazerem parte de uma facção criminosa rival.

Posteriormente, a jovem foi liberada, porém Deivid Kauan continuava desaparecido, sendo iniciado um intenso trabalho das forças policiais para localização do jovem, que teve o corpo localizado, no dia 17 abril em uma região de mata a aproximadamente 17 quilômetros do centro de Tabaporã.

Segundo as investigações, o jovem teve a morte decretada por uma facção criminosa, por pertencer a outro grupo criminoso, instalado na cidade de Sorriso e por atuar com o comércio de entorpecentes em Tabaporã, sem a devida autorização da organização criminosa local.

Durante o trabalho investigativo, quatro envolvidos na morte e ocultação de cadáver do jovem foram presos, até que os policiais chegassem ao mandante do crime, que estava foragido desde a data dos fatos e foi localizado e preso nas margens do Lago do Manso.

O delegado de Tabaporã, Bruno Palmiro, que presidiu as investigações e coordenou a operação, elogiou a eficiência e o profissionalismo da equipe envolvida. “A prisão do mandante do crime representa um passo importante na busca por justiça para a vítima e seus familiares. A colaboração entre as unidades policiais foi essencial para o sucesso da operação”, disse o delegado.

Após ter o mandado cumprido, o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça para responder pelo crime de homicídio. As investigações relacionadas ao caso continuam em andamento, para esclarecer todos os detalhes do ocorrido e identificar outros possíveis envolvidos.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Tabaporã, conta com o apoio da população para fornecer informações que possam colaborar com as investigações.

Fonte: Polícia Civil - MT

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”