Sema apreende madeira ilegal e embarga área de mais de 10 mil hectares

Crédito: Divulgação

Em operação de fiscalização no município de Marcelândia, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), com o apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), apreendeu 600 metros cúbicos de madeira, oriundas do desmate ilegal de 18 espécies de árvores, entre elas Peroba, Cedro e Cambará Rosa.

Além das madeiras em toras, dois tratores, uma carreta e uma carretinha agrícola foram apreendidas, e mais de 10 mil hectares embargados. Os agentes ambientais também aplicaram, em um único caso, R$ 600 mil em multa. Ao todo, nove pontos foram fiscalizados no município, com base em alertas remotos de monitoramento por satélite.

A tecnologia utilizada pela Sema-MT no combate aos crimes ambientais reúne imagens de satélite de alta definição de diversas fontes e fornece, em poucos minutos, dados precisos de todo o uso do solo no Estado, incluindo de desmatamento.

“A estratégia de atuação da Sema-MT inclui identificar o desmatamento ainda no início, enviando equipes a campo para realizar o flagrante e impedir o avanço do crime ambiental”, explica o superintendente de Fiscalização da Sema-MT, Bruno Saturnino.

Toda a madeira ilegal apreendida, por se tratar de produto perecível, foi doada ao Conselho Comunitário de Segurança Pública de Marcelândia. A fiscalização ocorreu em mais uma fase da Operação Amazônia, encerrada na última semana (09.10).

Fonte: Sema/MT

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Governo de MT cria fundo para destinar valores confiscados do crime organizado à Polícia Civil

Trabalhador morre soterrado em silo em fazenda na MT-235

Três bebês morrem em UTI neonatal de Colíder

Trabalhador morre ao receber descarga elétrica em fazenda

Itanhangá: Vereadores aprovam projetos e indicações antes do recesso

Trabalhador morre esmagado por tora de madeira