Produtores devem informar ao Indea dados detalhados de rebanhos e propriedades

Crédito: Reprodução

Produtores de bovinos, bubalinos, suínos e aves comerciais terão de obrigatoriamente informar ao Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) os dados detalhados dos rebanhos e das propriedades rurais, em novembro deste ano.

A comunicação de estoque é de suma importância para garantir um cadastro adequado à realidade dos estabelecimentos rurais permitindo, consecutivamente, a continuidade do planejamento das ações operacionais dos serviços veterinários oficiais brasileiros.

O período da campanha, será de 01 a 30 de novembro de 2023. O produtor rural poderá fazer a comunicação pelo ‘módulo do produtor’, ou presencialmente em qualquer unidade do Indea ou postos avançados. No site da autarquia, em Sanidade Animal, é possível encontrar mais informações sobre a campanha.

Para ter acesso ao módulo do produtor, deve-se requerer o cadastro, junto a alguma unidade do Indea, e assinar o Termo de Compromisso de Utilização do Sistema Informatizado. No site do Indea, em Sanidade Animal, Atendimento não Presencial, item 8 é possível acessar o referido termo.

Haverá bloqueio do trânsito das espécies alvo (bovino, bubalino, suíno e aves comerciais) do dia 07 de novembro em diante, para as explorações que não realizaram a comunicação – exceto abate. Ou seja do dia 07 em diante, somente os produtores que comunicarem seu estoque conseguirão emitir a GTA, exceto se a GTA for para abate.

Durante a comunicação, o produtor rural que possui bovinos e bubalinos sob sua responsabilidade, poderá também registrar sua marca a ferro.

A não comunicação de estoque de rebanhos das espécies obrigatórias, resultará em aplicação de penalidade, a multa é de aproximadamente R$ 6 mil.

Líder no ranking de estados com o maior número de cabeças de gado em todo o país, Mato Grosso tem um rebanho bovino de mais de 34,4 milhões de animais. Esse quantitativo foi levantado durante a campanha de atualização de estoque de rebanho, realizada entre 1º de maio e 15 de junho deste ano.

Fonte: INDEA-MT

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Custos da soja em Mato Grosso sobem impulsionados pelos fertilizantes

Governo de MT lança linha de crédito de até R$ 1,5 milhão para pequenos produtores

COMISSÃO DEBATE MORATÓRIA DA SOJA E DA CARNE E CONSEQUÊNCIAS PARA OS MUNICÍPIOS DA AMAZÔNIA LEGAL

Jornalistas conhecem dados que mostram sustentabilidade da agricultura

Crise energética barra expansão da área irrigada em MT

Aprosoja-MT alerta agricultores para que fiquem atentos à notificação do CAR Digital