Produtor rural tenta matar dono de bar ao pedir música e não ser atendido

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Crédito: Montagem Portal Sorriso

O produtor rural Nédio Risieri Germiniani, de 53 anos, está sendo procurado pela polícia suspeito de um novo crime. Desta vez, tentativa de homicídio. Na noite desta quarta-feira (30), ele esfaqueou o dono de um bar de Sorriso por pedir uma música e não ter sido atendido pela mulher que se apresentava ao vivo, que justificou desconhecer o repertório da banda Mamonas Assassinas.

Conforme consta no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a esposa da vítima, de 46 anos, relatou que Nédio ingeria bebida alcóolica e pediu à cantora uma música dos Mamonas Assassinas. Porém, apenas por não saber a letra, a profissional disse que não teria como atender ao pedido do cliente.

Indignado, Nédio teria ameaçado e ofendido a mulher com as seguintes falas: “essa cantora não canta nada, é uma lésbica, uma idiota”. Em seguida, o produtor rural deu socos na mesa e voltou a xingar a cantora.

O casal, dono do bar, pediu para que o suspeito parasse de ofender a cantora. Ele saiu do estabelecimento, mas retornou portando duas facas e golpeou o empresário, de 49 anos, na altura do peito.

Uma testemunha conseguiu retirar Nédio, que fugiu tomando rum ignorado em uma caminhonete prata Hilux.

A Polícia Militar fez rondas, mas não conseguiu localizar o suspeito. O dono do bar foi socorrido e levado para um hospital particular, de onde já recebeu alta médica.

Antecedentes criminais

Nédio deverá responder pelos crimes de tentativa de homicídio e ameaça. Conforme o Portal Sorriso noticiou, o produtor rural tem antecedentes criminais.

Em janeiro do ano passado, ele foi detido após ser flagrado espancando a esposa, de 21 anos, em um resort de Chapada dos Guimarães.

Já em 2018, ele foi alvo da Polícia Civil, que fez buscas na residência dele. Na época, ele negou que tivesse ameaçado de morte o segurança do condomínio onde mora. Ele também afirmou que não agrediu a filha, 19 anos, e contestou a informação da Energisa de que na fazenda dele havia furto de energia elétrica.

Fonte: Portal Sorriso

Mais notícias

asaaaaaa

Polícia Civil prende em flagrante jovem que matou mulher a facadas

paradddd]

Tapurah: Jovem bate em veículo parado, foge, bate novamente e é preso

dumbo

PF prende traficantes que movimentaram R$ 350 milhões

Soja recuperada

Carga de soja roubada avaliada em 180 mil é recuperada pela Polícia Civil

passaaaa

Homens arrombam porta de casa e matam homem com diversas passagens

fossa

Jovem é assassinado e corpo jogado em fossa

%d blogueiros gostam disto: