Porto: Ciclista morre em grave acidente e outra fica gravemente ferida na MT 338

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Arquivo Pessoal

Kellin Santoni de 30 anos, morreu no inicio da noite deste domingo dia 1º de agosto em Porto dos Gaúchos, após ser atropelada por um motorista que conduzia uma caminhonete, e não parou para prestar socorro.

O corpo ficou pelo menos uma hora as margens da rodovia MT-338, a cerca de 4-km da cidade, onde aconteceu o acidente até a funerária chegar para fazer a remoção. Durante este tempo, Policiais Civis e Militares estiveram no local controlando o trânsito e os curiosos.

Kellin voltava de uma pedalada, e tinha ido até o distrito de Novo Paraná com mais uma amiga, Vania Blau que também foi atingida pelo motorista, e foi levada pra Juara em estado grave, onde passa por cirurgia ainda nesta noite de domingo.

Kellin Santoni era natural de Porto dos Gaúchos e bastante conhecida por todos. Ela era professora, e também trabalhou em diversos comércios da cidade desde sua adolescência.

Nas redes sociais vários amigos lamentaram a morte prematura de Kellin, que deixa uma filha de 11 anos.

Sempre lembrarei de vc com carinho pirii , assim me chamava”, escreveu uma amiga.

Não era esse o combinado D. Kellin. E aquele reencontro eu, vc e a Bina??? Sentirei saudades minha doidinha”, escreveu outra amiga.

“Há coisas que a gente custa a acreditar. A morte é algo muito difícil de aceitar, Jesus te receba.  Que alegria que vcs nos transmitia aqui Esteja com você ai…” lamentou outra amiga.

Em sua ultima postagem, na sua página no facebook, 06hs antes de sua morte, Kellin exaltou a liberdade com a seguinte frase;  “Sobre liberdade!  Ah! Como eu amo as resposta que a vida vem me trazendo”, escreveu.

O veiculo que bateu nas ciclistas, deixou cair parte de uma lanterna e um retrovisor quebrados, possivelmente, pertencentes a uma caminhonete Hilux, no local do acidente.

Segundo informações recebidas, é de que se trata de uma caminhonete Toyota Hilux, prata, modelo antigo.

Fonte: Redação/Porto Notícias