Porto: Alunas passaram mal após tomarem calmante dentro da escola

Crédito: Reprodução

De acordo com publicação do site Porto Noticias do repórter Roseno Barros, o fato aconteceu nesta sexta-feira, dia 19 de maio de 2023 por volta das 11:00h, quando as alunas estavam em período de aulas, e acabaram sendo hospitalizadas no Hospital Municipal de Porto dos Gaúchos.

Uma das alunas ligou para a mãe e pediu para que ela a buscasse na escola porque teria tomado calmamente, e de início, a mãe imaginou que fosse brincadeira, porém, quando chegou na unidade escolar percebeu que a filha não estava bem, e apresentava sonolência, além de conversas desconexas.

Durante o trajeto indo para casa, a filha revelou para sua mãe que suas colegas de escola também teriam tomado calmante.

O tipo de medicamento que essas jovens ingeriram ainda não foi identificado.

O fato aconteceu da seguinte forma conforme o relato da jovem para sua mãe: Ela disse que suas amigas pediram para que ela fechasse os olhos e abrisse a boca para receber o produto que a princípio tinha sabor doce, fato que ela percebeu quando outra colega lhe abraçou por trás e despejou o produto em sua boca.

A direção da escola informou que o medicamento é utilizado como calmante para dormir e teria sido levado por uma aluna que já usou o medicamento, mas a direção escolar imediatamente tomou todas as medidas necessárias e prestou as devidas assistência para as alunas e colocou a disposição dos pais.

A mãe da aluna que recebeu a ligação fez questão de fazer postagem nas redes sociais para alerta os pais a ficarem atentos com seus filhos nesse sentido e também para a unidade escolar, e isentou a direção escolar da responsabilidade dessa ação.

Fonte: Acesse Notícias

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Governo de MT cria fundo para destinar valores confiscados do crime organizado à Polícia Civil

Trabalhador morre soterrado em silo em fazenda na MT-235

Três bebês morrem em UTI neonatal de Colíder

Trabalhador morre ao receber descarga elétrica em fazenda

Itanhangá: Vereadores aprovam projetos e indicações antes do recesso

Trabalhador morre esmagado por tora de madeira