PF faz operação contra organização criminosa do interior paranaense que agia também em MT

Crédito: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (6/7) a Operação Seletora, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa enraizada no município de Cascavel, no interior do Paraná, que expandiu suas atividades para Mato Grosso do Sul. A quadrilha, conhecida por sua violência, estava envolvida em uma série de crimes graves, incluindo homicídios, tráfico internacional de drogas, tráfico de armas de fogo e lavagem de dinheiro.

Cerca de 150 policiais federais foram mobilizados para cumprir 14 mandados de prisão preventiva e 28 mandados de busca e apreensão nos estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina. Durante a operação, duas pessoas foram presas em Mato Grosso do Sul, uma em Campo Grande e outra em Dourados.

A Justiça também determinou o sequestro e a apreensão de diversos bens móveis e imóveis pertencentes aos membros do grupo criminoso, além do bloqueio de todas as suas contas bancárias, limitado ao valor de R$ 20 milhões.

As investigações, que tiveram início há aproximadamente sete meses, revelaram que os criminosos utilizavam rotas para introduzir drogas e armas de fogo no território nacional, provenientes do Paraguai e do Peru, respectivamente.

O objetivo da organização criminosa era não apenas se estabelecer em Cascavel, mas também expandir sua atuação para outros estados, como Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais e Santa Catarina. Os integrantes eliminavam qualquer pessoa que representasse uma ameaça aos seus interesses. Durante o período das investigações, pelo menos 12 assassinatos foram atribuídos aos membros da organização.

Balanço da operação às 8h:

Apreensão de 500 kg de maconha.

Prisão de 15 indivíduos.

Apreensão de 10 armas de fogo.

Cumprimento de 28 mandados de busca e apreensão.

Apreensão de 11 veículos.

Sequestro de 9 imóveis.

Confisco de uma fazenda em Aripuanã.

Bloqueio de 77 contas bancárias.

Apreensão de R$ 56 mil em espécie.

Apreensão de R$ 200 mil em cheque.

Apreensão de 350 gramas de cocaína em um ponto de venda de drogas.

Fonte: A CRÍTICA

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Traficantes são presos embarcando 281 tabletes de droga em ônibus

Após roubo de carro bandido morre em confronto e comparsa é baleado

Mulher de 36 anos é morta a tiro em tocaia feita por amásio

Polícia Civil prende em flagrante pai de bebê vítima de estupro seguido de morte

Força Tática prende duas pessoas com 10 quilos de drogas em rodoviária

Polícia Civil recupera quase R$ 1 milhão de vítimas de golpes pela internet