Mulher é presa acusada de envolvimento na morte de homem encontrado carbonizado em estrada rural no Nortão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O delegado Regional de Polícia Civil, Sérgio Ribeiro, diz que uma mulher foi presa acusada participação direta na morte de Leandro Condi de 37 anos, que foi encontrado queimado juntamente com um carrinho de bebê, às margens de uma estrada, em Feliz Natal na última quinta-feira (30). Ela e um jovem de 21 anos confessaram que assassinaram a vítima por causa de uma suposta dívida de droga.

“No interrogatório eles contaram que o Leandro devia cerca de R$ 200 da compra de droga. Porém, ele pagou apenas R$ 50. Segundo eles, ao invés dele acertar toda a dívida, passou a comprar com outros traficantes. O acusado pegou uma pedra de pasta base e chamou a vítima para fumar na casa dessa mulher. Lá o atingiu com várias facadas no pescoço. A vítima ainda teria se defendido, com isso, o acusado acertou um golpe de canivete na própria perna. Ele foi até o banheiro amarrar uma atadura no ferimento, quando Leandro tentou se levantar, mas recebe uma pesada e acabou caindo e falecendo no local”.

Ainda segundo o delgado, eles também confessaram como queimaram a vítima. “O jovem contou que amarrou a vítima em dois lençóis, e junto com a mulher colocou o corpo em um carrinho de bebê. Ele retirou o combustível de uma moto, colocou em uma garrafa, carregou o corpo até o local e ateou fogo. Enquanto isso, a mulher limpou todo o sangue da casa e do banheiro onde o Leandro foi assassinado. No outro dia, ela mentiu aos policiais e negou envolvimento. Porém, entramos na casa e os peritos encontraram machas de sangue no vaso e na parede. Com isso, pedimos pela prisão dela”.

A suspeita será encaminhada à cadeia feminina de Colíder. Já o jovem está no presídio Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”. Leandro Condi de 37 anos, foi sepultado no cemitério de Feliz Natal, ontem. A identificação dele foi feita por familiares.

Fonte: Só Notícias