Mulher cai em golpe do falso filho e perde R$ 140 mil em transferências PIX

Crédito: Reprodução

Na tarde deste domingo (14-05), a Polícia Civil recebeu uma denúncia de uma mulher de 50 anos que afirmou ter caído em um golpe ao receber mensagens de uma pessoa se passando por seu filho, que estava em viagem. A vítima relatou aos investigadores que foi persuadida a fazer doze transferências na modalidade PIX, totalizando o valor de R$ 140 mil.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher explicou que vinha recebendo diversas mensagens de dois números diferentes, que ela acreditava serem de seu filho. Nas mensagens, o suposto filho pedia que ela realizasse transferências em seu nome, alegando problemas para acessar sua conta bancária através do aplicativo. Ele prometia devolver o dinheiro posteriormente.

Inocentemente, a vítima acreditou na veracidade das mensagens e realizou as transferências. Os valores repassados foram de R$ 30,4 mil, R$ 25,4 mil, R$ 19,7 mil, R$ 15 mil, R$ 13,8 mil, R$ 11,4 mil, R$ 10,6 mil, R$ 5 mil, R$ 3,2 mil, R$ 2 mil, além de duas transferências de R$ 1,8 mil, todas para contas diferentes.

O golpe só foi descoberto quando o verdadeiro filho retornou da viagem e a mãe relatou as transferências realizadas. Foi nesse momento que ficou claro tratar-se de uma fraude. A situação se agravou quando a vítima recebeu ameaças do suspeito através de mensagens, ordenando que ela permanecesse em silêncio sobre o ocorrido.

A Polícia Civil já iniciou as investigações sobre o caso e a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos está encarregada do assunto. Essa unidade tem se empenhado no combate aos crimes de estelionato e, em diversos casos, conseguiu reaver o dinheiro das vítimas lesadas por golpes semelhantes.

A polícia alerta a população para que estejam sempre atentos a esse tipo de golpe, verificando a veracidade das informações e desconfiando de qualquer pedido de transferência de dinheiro por meio de aplicativos ou mensagens. Caso haja qualquer suspeita, é importante procurar as autoridades competentes para evitar prejuízos financeiros.

Fonte: R9 News

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”