Motorista achado morto em batida entre 3 carretas foi esfaqueado após briga pelo rádio

Crédito: Reprodução

Edivaldo Francisco Junior, 38 anos, que morreu após se envolver em um acidente entre três carretas e uma caminhonete na BR-364, Serra de São Vicente, em Santo Antônio do Leverger (34 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (17), não foi vítima do acidente. De acordo com o IML, a causa da morte foi esfaqueamento.

Análises da perícia do Instituto Médico Legal (IML) constataram que o homem não morreu por ficar presos às ferragens, como inicialmente foi informado pelas equipes que socorreram a vítima. Segundo apurado, a vítima, que era de São Paulo, foi golpeada nove vezes com uma faca. Algumas das perfurações atingiram o coração e o estômago da vítima, que morreu ainda no local, durante atendimento médico.

Conforme informações, a carreta Volkswagen 25 390, de Edivaldo, seguia sentido norte quando bateu na lateral de uma Scânia R540, e depois atingiu a caminhonete S10 branca, que capotou. Por fim, atingiu lateralmente uma carreta Iveco 460.

Áudios que circulam em grupos de mensagens mostram que os motoristas envolvidos na batida estavam brigando pelo rádio e, após a colisão, um deles teria ido até Edivaldo, em posse de uma faca, e o golpeado várias vezes. A polícia investiga essa hipótese.

Ainda não foi esclarecido qual dos motoristas envolvidos teria cometido o crime.

Fonte: Repórter MT

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”