Mãe e filho morrem após carro colidir em anta em rodovia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Legenda /Crédito da Foto: Mídia News/Montagem

O trágico acidente foi esta noite, na rodovia MT-423, que liga Sinop ao município de Cláudia, a cerca de 20 quilômetros do entroncamento com a BR-163. Kelli Cristina da Silva Bagatini, de 42 anos e seu filho João Marcelo Bagatini, 22 anos, acabaram falecendo.

Eles estavam em uma caminhonete Toyota Hillux branca, que saiu da pista e capotou. O condutor de um GM Prisma preto relatou que seguia sentido Cláudia, quando acabou batendo em uma anta. Segundo ele, com o impacto, o animal foi jogado na frente da caminhonete, que seguia sentido Sinop, o que ocasionou o capotamento.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Sinop chegou a ir até o local, porém, as vítimas já haviam falecido. “A primeira informação que chegou para nós é de que havia um capotamento. A gente chegou aqui e, infelizmente, constatou dois óbitos”, disse, há pouco, o sargento Maziero.

O condutor do Prisma, que é morador de Cláudia, não ficou ferido. O carro dele, no entanto, ficou com a parte dianteira bastante danificada, devido ao impacto do atropelamento da anta.

Kelli e João residiam em Sinop e são de famílias pioneiras. João era pai de gêmeos que recentemente completaram 1 ano.  Mãe e filho estariam retornando para casa quando houve o acidente.

Por nota, a direção da Universidade Federal de Mato Grosso, campus Sinop, lamentou as mortes e afirmou que João era acadêmico do curso de zootecnia.

Fonte: Só Notícias