Laboratório de drogas é fechado após traficante enviar drogas por transportadora

Crédito: Divulgação

Laboratório do tráfico de drogas foi encontrado e desarticulado, em uma casa, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá, por policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), durante a operação Zona Quente, nesta quinta-feira (27).

No local, os agentes apreenderam grande quantidade de entorpecente, entre maconha, skunk (supermaconha) e haxixe, a ação resultou na prisão em flagrante de dois homens pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações iniciaram após os policiais da DRE receberem informações de que um homem estava enviando drogas embaladas a vácuo para a cidade de Campo Novo do Parecis por meio de uma transportadora.

Com base nas informações, na quarta-feira (26), os policiais monitoraram a região, conseguindo realizar a prisão em flagrante do suspeito em posse de aproximadamente 300 gramas de skunk, no momento em que ele enviava a encomenda para o destinatário.

Após a prisão do suspeito, a equipe policial levantou novas informações sobre uma residência no bairro Jardim Imperial, onde estaria instalado o ponto de distribuição da droga.

Após monitoramento do endereço, os policiais realizaram a abordagem na residência, ocasião em que o morador confessou a existência de material ilícito no interior da casa, apontando o local onde estavam armazenadas as drogas.

Laboratório

Em buscas na residência foi encontrado um verdadeiro laboratório do crime, sendo apreendidos no local, 7 potes de vidro com skunk, 6 pacotes da mesma substância embalada a vácuo, 9 potes de plástico contendo haxixe, além de 5 balanças de precisão, 116 cigarros eletrônicos, um simulacro de arma de fogo, R$ 2.730 em dinheiro e diversos apetrechos relacionados ao tráfico.

Questionado, o suspeito que estava na residência confirmou a atuação com o comércio de entorpecentes e disse que o homem preso no dia anterior era seu funcionário, responsável por fazer o despacho de drogas.

A ação ocorreu no âmbito da Operação Nárke 2, coordenada pela Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Senasp/MJSP, que visa integrar as forças de segurança pública na prevenção e repressão qualificada ao tráfico de drogas em todas as unidades da federação.

Fonte: Gazeta Digital

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Trio morre em confronto com o Bope em ‘fábrica de drogas’ e 600 kg de cocaína são apreendidos

Dupla envolvida em assassinato de homem morre em confronto com policiais da Força Tática

Irmãos são presos em flagrante transportando 25 tabletes de cocaína na MT-246

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT