Jovem é morto com 10 tiros em rodoviária algumas horas depois de sair da cadeia

Crédito: Reprodução

Antônio Carlos Manhezo, de 21 anos, foi assassinado na noite de quinta-feira (27), na Rodoviária de Barra do Garças. Vítima tinha acabado ganhar alvará de soltura do sistema penitenciário de Goiás e foi atingida por mais de 10 tiros.

Conforme as informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada para atender um homicídio ocorrido na rodoviária. No local, vítima estava caída com várias marcas de tiro, próximo de um guichê.

Testemunhas contaram que a vítima estava chegando para comprar uma passagem quando dois homens chegaram a pé, foram em sua direção e atiraram. Antônio morreu no local.

Já os suspeitos correram, subiram em uma motocicleta preta parada próximo da rodoviária e fugiram rumo ao bairro Ouro Fino. Polícia fez rondas, mas não o localizou. Vítima estava em posse de um alvará de soltura da Justiça de Goiás.

Ele tinha passagens por crimes em Aragarças (GO). O último foi registrado no dia 23. Na ação, a polícia chegou a trocar tiros com o comparsa dele, que foi morto. Caso é investigado.

Fonte: Gazeta Digital

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Mulher cai em golpe e perde R$ 12,6 mil em transferências PIX, criminoso se passou por funcionário do banco

Chamado na porta homem leva tiro no rosto e morre

Polícia Civil intensifica ações de combate aos crimes contra a flora no norte de MT

Polícia Militar frustra mais uma invasão a propriedade rural

Polícia prende seis por crimes ambientais com pescado e carne de animais silvestres

Homem é encontrado morto em Sinop com bilhete de aviso “É proibido roubar na quebrada”