Itanhangá: Secretaria de Saúde realiza ações de conscientização e fim da violência contra a mulher

Crédito: Reprodução

A Prefeitura Municipal de Itanhangá, através da Secretaria de Saúde, promoveu neste mês de agosto a campanha “Agosto Lilás”, que abordou todos os tipos de violência enfrentados pelas mulheres e ressaltou a importância de denunciar e apoiar as vítimas que geralmente são parte da parcela vulnerável da sociedade.

A ação que visou orientar, conscientizar e combater as diversas formas de violência contra mulher ressaltou as cinco violências prescritas na Lei Maria da Penha: violência física, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

No dia (18/08), foi realizada pela psicóloga Pamela Reis, uma palestra para as mulheres atendidas no CRAS. Na sexta-feira (25), foi realizada uma ação com palestra orientação para as trabalhadoras e trabalhadores da Prefeitura Municipal.

Além da Psicóloga Pâmela, a iniciativa contou com o apoio e colaboração de uma equipe multidisciplinar; Secretário de Saúde Bruno Félix, Psicóloga, Yara Rachele, Farmacêutica Cristyane Cavalcante, ACS Valdirene Cordeiro e da Ass Administrativo Ana Paula Menezes.

A escolha do mês tem relação com a data de sanção da Lei 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha, que define a violência doméstica e familiar contra a mulher como crime e aponta formas de evitar. Maria da Penha se tornou um símbolo da luta e do combate à violência de gênero e se dedica há mais de três décadas ao enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher.

Secretaria de Saúde em Ação!

Fonte: Assessoria Prefeitura De Itanhangá

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Itanhangá: Policiais Militares jogam futebol com crianças em Simione. Vídeo

Detran orienta motoristas sobre o que fazer caso a placa do veículo seja danificada ou perdida

Governo de MT cria fundo para destinar valores confiscados do crime organizado à Polícia Civil

Trabalhador morre soterrado em silo em fazenda na MT-235

Três bebês morrem em UTI neonatal de Colíder

Trabalhador morre ao receber descarga elétrica em fazenda