Itanhangá: Moradores participaram da sessão ordinária na comunidade Santa Emília

Crédito: Angelo Destri/ITA Notícias

Na última segunda feira, 03/07, a Câmara de Vereadores de Itanhangá, realizou uma sessão itinerante, na comunidade Santa Emília.

O morador Armando Scanagatta, solicitou um espaço na tribuna e relatou a constante falta de energia na região, causando prejuízos e trazendo transtornos a todos.
Armando relatou que algumas melhorias foram feitas pelos clientes da Energisa, mas não foi o suficiente para eliminar as constantes quedas de energia, relatando ainda, que quando falta energia, a concessionária demora muito, ou até dias, para resolver o problema. Ele pede empenho por parte das autoridades para resolver o problema.

O Vice-prefeito, Emerson Sabatine, fez uma pequena explanação das obras e ações da Prefeitura nesses seis anos e seis meses, em que ele e Edu Pascoski, estão à frente da administração.
Segundo ele, os desafios foram grandes, mas com o apoio da Câmara De vereadores e da população, foi possível implementar melhorias em todas as áreas, melhorando a vida dos munícipes.
Emerson relatou que os trabalhos são constantes e novas conquistas para o município, estão por chegar, através de emendas parlamentares, conquistadas pelos vereadores e também através das ações dele e do Prefeito Edu.

Em sua fala o Prefeito Edu Pascoski, pediu empenho dos vereadores para que aprovassem os projetos do executivo, em um único turno, pois os recursos precisam ser repassados ao consócio de Saúde Teles Pires, o qual ele assumiu a presidência recentemente.

Edu também mostrou preocupação com a regularização fundiária, que no governo passado, andava em ritmo acelerado, mas que com esse novo governo, as coisas estão bem mais lentas do que o esperado, mas o Núcleo De Regularização Fundiária do Município, está trabalhando normalmente, para organizar os processos e encaminhar ao INCRA.

Ele relatou também da importância das obras de infraestrutura na região, como o asfalto da MT 242 até a ponte Rio Arinos, que está em fase adiantada de construção.

Segundo ele, os prefeitos da região estão mobilizados para levar o asfalto da MT 242, até o município de Brasnorte, dando melhores condições de trafegabilidade, para este importante corredor de transporte dos produtos da agricultura, pecuária e trazendo desenvolvimento para todos.

Estiveram presentes da sessão o Presidente da Comunidade, Sr. Arnaldo, membros da comunidade, secretários municipais, representantes do Rotary Club e do Grupo De Escoteiros Ipê Amarelo e da EMPAER.

Fonte: ITA Notícias

Escrito por: Angelo Destri

Vídeo(s) da notícia

Galeria de Imagens da notícia

Mais notícias

Governo de MT cria fundo para destinar valores confiscados do crime organizado à Polícia Civil

Trabalhador morre soterrado em silo em fazenda na MT-235

Três bebês morrem em UTI neonatal de Colíder

Trabalhador morre ao receber descarga elétrica em fazenda

Itanhangá: Vereadores aprovam projetos e indicações antes do recesso

Trabalhador morre esmagado por tora de madeira