Itanhangá: Mais de mil títulos eleitorais estão cancelados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Crédito: Angelo Destri/ITA Notícias

Os eleitores que precisam regularizar o título eleitoral, solicitar transferência de endereço ou mesmo aqueles que desejam tirar a primeira via do documento, precisam se atentar ao prazo final. Esses procedimentos e qualquer outra alteração no cadastro eleitoral precisam ser feitos até o dia 04 de maio de 2022. A data, que corresponde a 151 dias antes do pleito deste ano, é estipulada para que a Justiça Eleitoral consiga organizar o pleito.

Qualquer uma destas solicitações deverá ser feita pelo sistema TítuloNet. Basta preencher o requerimento online e aguardar o retorno da Justiça Eleitoral. O atendimento virtual é a atual forma adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), no intuito de evitar aglomerações nos Cartórios Eleitorais, como medida de prevenção à Covid-19. É importante que o eleitor tenha em mãos seu registro de identidade e comprovante de endereço em seu próprio nome ou em nome dos pais. Este último documento deverá ter sido emitido entre os 12 (doze) e 3 (três) meses anteriores ao requerimento.

Os interessados também podem tirar dúvidas entrando em contato com o Cartório Eleitoral de Itanhangá, que fica em anexo a Prefeitura, na Av Santa Catarina, no centro da cidade.

Títulos cancelados

Na 21ª Zona Eleitoral, que abrange os municípios de Lucas do Rio Verde, Itanhangá e Tapurah, há, atualmente, cerca de 59.423 cidadãos em situação regular e estes poderão votar nas Eleições de 2022. Em contrapartida, 1.028 eleitores estão com os títulos cancelados, aqui em Itanhangá, por motivos que podem ser regularizados até a data final de 04 de maio. Deste total, alguns são decorrentes de ausência às urnas nos três últimos pleitos, e outros por não comparecimento à revisão do eleitorado (isto é, não fizeram a biometria).

É importante ressaltar que a coleta biométrica continua suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em função da pandemia de Covid-19, mas isso não impede a regularização da situação. Portanto, é fundamental que as pessoas procurem o atendimento virtual o quanto antes para poderem participar do processo eleitoral.

Os eleitores que não conseguirem regularizar sua situação, pelas internet, podem se dirigir até o cartório eleitoral, que encontrará no local uma pessoa capacitada, para orienta-lo.

Sobre o pleito

As Eleições 2022 ocorrerão no dia 02 de outubro, das 8h às 17h, seguindo horário de Brasília (DF), com uniformização em todos os estados e no Distrito Federal, sem exceção. Ou seja, o pleito iniciará e encerrará de acordo com o fuso da capital federal. Neste ano, serão eleitos os candidatos a cargos políticos que representam a União, os estados e o Distrito Federal, ou seja: presidente e vice-presidente da República, senador, deputado federal, deputado estadual/distrital, governador e vice-governador.

Fonte: Redação/Assessoria de Comunicação do TRE/MT

Mais notícias

pedra

Carroceria de bitrem se solta, atinge Hilux e dois morrem

seleti

Itanhangá: Prefeitura divulga Processo Seletivo em diversas áreas

acessibilidade

Proposta torna obrigatória comprovação de acessibilidade para liberação de eventos em MT

geada campo

Campo Novo Do Parecis: Zona rural registra geada e estação meteorológica em fazenda marca 1ºC

Operação parador 27

Operação contra exploração sexual prende 120 pessoas em Mato Grosso

pneu

Mulher morre após pneu de caminhão pipa passa por cima de moto

%d blogueiros gostam disto: